s

Saúde mental

O que devemos fazer para evitar o burnout

Escrito por Por Soraia Yoshida | 13.10.2021

[jwplayer 2Jv1QGQF]A saúde mental foi uma das questões que mais ganhou espaço desde o início da pandemia. O quão importante é olhar para nossos problemas, entender como nos afetam e nos cuidarmos. Fechar os olhos para os problemas é incorrer em uma trilha que pode levar à síndrome de burnout, um distúrbio emocional que traz sintomas de exaustão extrema e esgotamento físico. Mas como evitar?

Para Fabio Camilo, psicólogo e Head de Psicologia da Vittude, startup que procura democratizar o acesso à saúde mental, é fundamental começar do básico. “Primeiro de tudo é preciso cuidar dos aspectos mais básicos, que são a alimentação e o sono”, explica o psicólogo. “Dormir bem e se alimentar bem são fundamentais não apenas para nossa saúde física, mas mental também”.

Outro aspecto que precisa ser discutir é tratar das questões de saúde mental com naturalidade tanto nas empresas, quanto entre as pessoas. “Se a gente não começar a falar sobre isso, a gente não vai conseguir criar uma cultura de saúde mental”, diz Fabio. “E quando eu digo cultura de saúde mental é que seja tão natural para você sentir a necessidade de ir a um oftalmologista como ir a um psicólogo. E que isso não seja algo que traga medo ou desconforto – e muito menos vergonha”.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine