s
Sentir-se respeitado no trabalho é o ponto mais importante para os colaboradores, segundo uma pesquisa feita pela Glassdoor Crédito: Pixabay
GESTÃO

O que os colaboradores mais prezam em uma empresa?

Uma pesquisa aponta que não são os privilégios e bons salários ajudam, mas ainda não representam a coisa mais importante para que um colaborador queira ficar em uma empresa

Quando se pensa em uma boa cultura de empresa, não há snacks que sejam capazes de substituir o fato de se sentir respeitado no trabalho. Na pesquisa Culture 500 da MIT Sloan Management Review, em parceria com a Glassdoor, respeito aparece como o ponto mais importante para os trabalhadores: é 18 vezes mais poderoso como indicador da classificação da cultura de uma empresa.

A cultura de uma empresa faz um profissional perseverar e buscar mais – ou simplesmente largar tudo e procurar outro emprego. Em abril deste ano, quase 4 milhões de trabalhadores norte-americanos pediram demissão – o número mais alto registrado pelo Labor Bureau of Statistics. “A retenção de funcionários está na mente de todo diretor de recursos humanos, mas a cultura está na mente dos funcionários que as empresas estão tentando reter”, escrevem Donald Sull, palestrante do MIT Sloan, e Charles Sull, cofundador da CultureX, que fez o levantamento em cima dos dados da Culture 500.

Sentir-se respeitado, infelizmente, depende muito do setor. Em restaurantes do tipo fast food e supermercados, os trabalhadores tendiam a falar sobre respeito em termos negativos. Nos setores que empregam mais profissionais técnicos, como consultorias, indústria de software, os colaboradores eram mais propensos a mencionar respeito e se mostravam mais positivos em suas avaliações.

Receba grátis nossa newsletter

Em segundo lugar aparece a liderança. O levantamento aponta que 45% dos colaboradores mencionam a gestão em suas avaliações – e a avaliação coletiva das lideranças nos postos mais altos é um forte indicador da cultura da empresa.

Outro indicador importante na pontuação da cultura de uma empresa: se os gerentes apoiam os funcionários. Quando os líderes são solidários, os trabalhadores sentem que isso os ajuda a fazer um trabalho melhor. E se sentem incentivados e, ao mesmo tempo, protegidos.

O contrário? O “chefe tóxico” pode ser “abusivo, desrespeitoso, não inclusivo ou antiético”. Esta última característica é essencial para a cultura de qualquer organização: sem integridade não há confiança e sem confiança é impossível avançar e inovar.

Além de respeito, os valores chave mais citados pelas organizações mais importantes como tendo maior impacto nos resultados são: agilidade, colaboração, cliente, diversidade, execução, inovação, integridade e desempenho.

O artigo do MIT Sloan Management Review “10 coisas que sua cultura corporativa precisa para acertar”, é baseado em um projeto de pesquisa rigoroso de grande escala de cinco anos conduzido pela CultureX para medir a cultura corporativa nas principais empresas, usando um conjunto de dados de 1,4 milhão de avaliações de funcionários no Glassdoor.

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Liderança

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Em um ambiente de segurança psicológica, todos sentem que podem perguntar, opinar, questionar, criticar, apontar erros e acertos, sem julgamentos

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Liderança

Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Como as lideranças devem pensar o desenvolvimento de quem está começando a carreira? The Shift traz algumas reflexões e respostas

Por Soraia Yoshida
Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

Liderança

Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

A mentalidade de aprendizado contínuo é a chave para adaptar, mudar, inovar, crescer

Por Soraia Yoshida
Como lideranças podem desenvolver times de alta performance

Liderança

Como lideranças podem desenvolver times de alta performance

Confiança, autonomia, comunicação, segurança psicológica, aprendizado contínuo, trabalho colaborativo: todos esses elementos entram na criação de uma equipe de alta performance. Mas a liderança tem que entender e direcionar seu tim...

Por Soraia Yoshida
Como lideranças podem evitar o viés de comportamento

Liderança

Como lideranças podem evitar o viés de comportamento

Por falta de tempo e pelas características das reuniões digitais, a tendência é julgar situações por conta própria e assumir que falta engajamento e vontade de fazer

Por Soraia Yoshida
Como sua empresa pode atrair e reter talentos

Liderança

Como sua empresa pode atrair e reter talentos

Em um mercado em que grandes profissionais estão sendo disputados até por empresas fora do país, as companhias precisam entender o que pode atrair e reter talentos

Por Soraia Yoshida