s
A mentalidade de lifelong learning incorporada à cultura da empresa conduz à inovação Crédito: Dreamstime
LIDERANÇA

Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

A mentalidade de aprendizado contínuo é a chave para adaptar, mudar, inovar, crescer

Por Soraia Yoshida 17/05/2021

A aprendizagem contínua é considerada um imperativo econômico e “a única vantagem competitiva sustentável”. Os profissionais que buscam constantemente atualização, desenvolvendo ou melhorando suas habilidades apresentam alto desempenho – especialmente no longo prazo. Suas ideias evoluem e sua mente curiosa abrem possibilidades e levam a novas perguntas. E perguntas levam à inovação.

“Todos os dias, cada um de nós tem a oportunidade de buscar o desenvolvimento intelectual de maneiras adaptadas ao nosso estilo de aprendizagem. Então, por que mais de nós não aproveitamos essa oportunidade? Sabemos que vale a pena, mas achamos muito difícil arranjar tempo”, escreve John Coleman, coautor de “Passion & Purpose: Stories from the Best and Brightest Young Business Leaders”, em artigo para a Harvard Business Review. Ele afirma, porém, que ao “arranjar tempo”, esse desenvolvimento vai contribuir não apenas para uma mente aberta, uma saúde melhor e também oportunidades de gerar renda. “Tendências incluindo IA, robótica e offshoring significam mudanças constantes na natureza do trabalho. E navegar neste cenário em constante mudança requer aprendizado contínuo e crescimento pessoal”, diz.

Não está dizendo nada que você já não tenha ouvido. A mentalidade de aprendizado contínuo é a chave para adaptar, mudar, inovar, crescer. Sem ela, um negócio não é capaz de florescer e chegar à próxima etapa. Isso é especialmente verdadeiro para organizações que estão em processo de transformação digital. “Ter esse mindset de aprendizagem contínua é um grande diferencial, assim como anos atrás foi o Excel, uns anos atrás a informática. É evolução. É para esse caminho que a gente está indo. Quanto mais rápido você se adaptar, mais oportunidades você vai ter”, afirma Leonardo Berto, gerente de Recrutamento da consultoria Robert Half.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Liderança

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Em um ambiente de segurança psicológica, todos sentem que podem perguntar, opinar, questionar, criticar, apontar erros e acertos, sem julgamentos

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Liderança

Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Em um ambiente de trabalho remoto ou mesmo híbrido, as equipes não estão presentes todos os dias. Como desenvolver um ambiente criativo e inovador?

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Liderança

Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Como as lideranças devem pensar o desenvolvimento de quem está começando a carreira? The Shift traz algumas reflexões e respostas

Por Soraia Yoshida
Como manter o social no trabalho (sem fazer social)

Liderança

Como manter o social no trabalho (sem fazer social)

Sem almoços ou cafés para compartilhar, sem comentários no escritório, ainda assim é possível construir relacionamentos dentro da empresa

Por Soraia Yoshida
Engajamento na era do trabalho remoto: qual é a sua estratégia?

Liderança

Engajamento na era do trabalho remoto: qual é a sua estratégia?

As organizações que aproveitarem melhor as experiências de trabalho remoto para planejar sua proposta de trabalho híbrido/remoto serão capazes de engajar mais os colaboradores

Por Soraia Yoshida
Quer mais inovação nos negócios? Promova o trabalho colaborativo

Liderança

Quer mais inovação nos negócios? Promova o trabalho colaborativo

Promover o espírito colaborativo dentro das equipes – trabalhem elas em formato de squad ou grupos multidisciplinares – é papel da liderança

Por Soraia Yoshida