s
A neurodiversidade pode ser um ponto forte nas empresas

Carreira

A neurodiversidade pode ser um ponto forte nas empresas

Pessoas com habilidades cognitivas diferentes podem se tornar extremamente produtivas com um ambiente de trabalho desenhado para acomodar suas diferenças

Trabalho remoto: é melhor trabalhar todos juntos ou cada um no seu horário?

Liderança

Trabalho remoto: é melhor trabalhar todos juntos ou cada um no seu ho...

Um estudo aponta que nem sempre a sobreposição de horário entre os colaboradores é sinônimo de aumento de produtividade

Atenção: seu funcionário pode estar pensando em pedir demissão

Trabalho Remoto

Atenção: seu funcionário pode estar pensando em pedir demissão

Pesquisas indicam que os profissionais estão exaustos, trabalhando muito, e que a adoção do trabalho híbrido pode trazer a possibilidade de trabalhar em qualquer lugar

10 empregos do futuro que estão em alta hoje

Tendências

10 empregos do futuro que estão em alta hoje

Novas funções estão sendo demandadas para dar conta da aceleração no processo de transformação digital trazida pela pandemia

Comunicação digital: novas regras para o trabalho híbrido

Gestão

Comunicação digital: novas regras para o trabalho híbrido

Este é o momento de acabar com as dificuldades de comunicação e o tempo perdido com mensagens que ninguém entendeu

Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Liderança

Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Em um ambiente de trabalho remoto ou mesmo híbrido, as equipes não estão presentes todos os dias. Como desenvolver um ambiente criativo e inovador?

Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Liderança

Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Como as lideranças devem pensar o desenvolvimento de quem está começando a carreira? The Shift traz algumas reflexões e respostas

A causa da fadiga do Zoom - e o que fazer para evitar

Trabalho Remoto

A causa da fadiga do Zoom - e o que fazer para evitar

Um estudo da Universidade de Stanford aponta a existência de pelo menos quatro efeitos que o uso contínuo de videochamadas causam em nosso cérebro