s
Gerção Z: jovens que se preocupam com autonomia e que prezam o equilíbrio entre vida profissional e pessoal Crédito: Pixabay
TENDÊNCIAS

Geração Z e o fim do trabalho que conhecemos

As organizações estão diante do desafio de construir culturas que levem em conta as necessidades e sejam capazes de atrair, engajar e reter talentos da Geração Z

Por Soraia Yoshida 20/06/2022

Até 2025, 27% da força de trabalho nos países da OCDE serão profissionais da Geração Z – nascidos do final dos anos 1990 ao início de 2010. Ou seja, em apenas 3 anos, um tremendo shift terá acontecido diante dos nossos olhos – e quando pensamos em talentos, melhor que seja com a nossa participação, concorda? Os jovens da Geração Z têm diferentes prioridades quando se trata de trabalho – e flexibilidade, diversidade e compartilhar valores com o empregador são pontos importantes que aparecem já nas entrevistas de emprego.

A mais diversa das gerações até agora – de acordo com o Census Bureau, os genzers serão majoritariamente não brancos até 2026 – enxerga o trabalho remoto ou híbrido como prioridade. São jovens que se preocupam com autonomia e que prezam o equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Pesquisas indicam que quase metade desses jovens deixaria seu emprego se ameaçasse esse equilíbrio.

 

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

5 tendências que vão guiar o trabalho em 2022

Liderança

5 tendências que vão guiar o trabalho em 2022

A nova edição do Work Trend Index aponta o que mudou e como empresas podem abordar o trabalho

Bossware: sim ou não?

Tendências

Bossware: sim ou não?

A demanda por ferramentas de vigilância de trabalhadores deu um salto logo no início da pandemia, mas de fato não parou de crescer

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Liderança

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Em um ambiente de segurança psicológica, todos sentem que podem perguntar, opinar, questionar, criticar, apontar erros e acertos, sem julgamentos

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Liderança

Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Como as lideranças devem pensar o desenvolvimento de quem está começando a carreira? The Shift traz algumas reflexões e respostas

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Liderança

Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Em um ambiente de trabalho remoto ou mesmo híbrido, as equipes não estão presentes todos os dias. Como desenvolver um ambiente criativo e inovador?

Por Soraia Yoshida
Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

Liderança

Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

A mentalidade de aprendizado contínuo é a chave para adaptar, mudar, inovar, crescer

Por Soraia Yoshida