s
Empregadores agora têm uma oportunidade valiosa de se envolver com sua força de trabalho em torno dessa reformulação fundamental e redesenho do trabalho – onde, quando e como é feito – para melhorar a experiência do funcionário Crédito: Pixabay
GESTÃO

Trabalho Flexível traz bem-estar para acordo entre empresa e trabalhador

O bem-estar físico não entra por escrito no acordo de trabalho, mas o trabalho flexível pode cumprir essa demanda dos trabalhadores

Por Soraia Yoshida 06/06/2022

Elon Musk pode não curtir. Muitas lideranças de Big Techs podem achar ruim. Mas o Trabalho Flexível (FlexWork) está aqui e não dá sinais de que vai embora. Ao contrário, parece bem disposto a ficar, ainda mais com a chegada da nova geração de trabalhadores ao mercado. Apesar de uma pressão contrária que vem das organizações – alegando que perderiam seu edge competitivo e seu espírito de inovação pela falta de contato pessoal e encontros casuais – os trabalhadores, principalmente os chamados “trabalhadores do conhecimento”, entendem que esse “benefício conquistado” durante a pandemia é bom para eles.

Sabe aquela máxima “Ninguém sente saudade daquilo que nunca experimentou”? É o caso em questão. Uma nova pesquisa da Deloitte Australia e da Swinburne Edge apontou que “opções de trabalho flexíveis e foco no bem-estar são inegociáveis ​​para os trabalhadores australianos”. Substitua “australianos” por “norte-americanos”, “britânicos”, “brasileiros” e chegaremos ao ponto.

De acordo com a pesquisa "Reset, Restore, Reframe - Making Fair Work Flexwork", 93% dos trabalhadores entrevistados afirmam que seu bem-estar físico, emocional e mental é tão importante quanto a remuneração. Os trabalhadores querem escolher o local de trabalho – 78% dos trabalhadores que podem trabalhar remotamente querem trabalhar de forma híbrida ou em casa. O mesmo acontece com 39% dos trabalhadores que atualmente precisam trabalhar no local.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Bossware: sim ou não?

Tendências

Bossware: sim ou não?

A demanda por ferramentas de vigilância de trabalhadores deu um salto logo no início da pandemia, mas de fato não parou de crescer

Como evitar a solidão no trabalho

Liderança

Como evitar a solidão no trabalho

A solidão se tornou recorrente no ambiente de trabalho, mas como outras questões ligadas ao bem-estar, pode ser trabalhada

Como fazer com que as pessoas falem mais em reuniões virtuais

Trabalho Remoto

Como fazer com que as pessoas falem mais em reuniões virtuais

Fazer com que as pessoas contribuam com ideias ou deem feedback durante reuniões online nem sempre é fácil, mas é possível

Por Redação The Shift
Como montar um time cognitivamente mais diverso

Diversidade

Como montar um time cognitivamente mais diverso

A diversidade dentro de uma organização pode estar no processo mental, ou seja, no modelo cognitivo de quem pensa de um jeito diferente do seu

Por Soraia Yoshida
Como reconstruir os encontros casuais no trabalho híbrido

Gestão

Como reconstruir os encontros casuais no trabalho híbrido

O verdadeiro obstáculo em trabalhar em casa não é a parte do “trabalho”. É a perda das partes divertidas de um local de trabalho

Por Michael Baron, The Conversation
Cultura da empresa: conexão está no trabalho, não no escritório

Tendências

Cultura da empresa: conexão está no trabalho, não no escritório

As organizações devem identificar oportunidades para que os funcionários se sintam conectados à cultura por meio da nova constante cultural: o próprio trabalho