s
A demanda por ferramentas de vigilância de trabalhadores deu um salto logo no início da pandemia, mas de fato não parou de crescer Crédito: Unsplash
TENDÊNCIAS

Bossware: sim ou não?

A demanda por ferramentas de vigilância de trabalhadores deu um salto logo no início da pandemia, mas de fato não parou de crescer

Por Soraia Yoshida 30/05/2022

Bossware. Software espião. Software dedo-duro. Os nomes são muitos, mas estamos falando dos softwares de monitoramento que muitas empresas adotaram como parte de seus esforços para controlar a produtividade dos funcionários. Eles podem estar embutidos em alguma solução de trabalho colaborativo, como em grandes plataformas com várias ferramentas do editor de texto às videoconferências. E pode ser parte de plataformas que cobrem funções de RH e comunicação interna.

“Bossware está chegando para quase todos os trabalhadores”, anunciou Zoë Corbyn em artigo para o The Guardian. Ao citar Wilneida Negrón, diretora de pesquisa e política da organização sem fins lucrativos Coworker, nos Estados Unidos, ela aponta que os empregos centrados no conhecimento que se tornaram remotos no início da pandemia são uma área em que o monitoramento dos colaboradores está em alta. Mas de onde vem o choque? Exatamente dessa confluência entre a mudança no mindset do que é o trabalho hoje e o que representa, em que trabalhadores esperam mais flexibilidade e empatia, e do processo de monitoramento que está muito mais alinhado com o modelo de comando-controle.

Como funciona

Como em todo mercado em que existe uma alta demanda, o segmento de software para monitorar continuamente a atividade digital dos funcionários tem muitas opções. Softwares como Hubstaff, FlexiSPY, Time Doctor são muito populares, mas soluções como Microsoft 365 também contam com ferramentas semelhantes – que a companhia define como “visibilidade aumentada”. O estudo aponta ainda que 8 e cada 10 desenvolvedores de softwares de vigilância de funcionários mais populares incentivam o uso no longo prazo.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Liderança

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Em um ambiente de segurança psicológica, todos sentem que podem perguntar, opinar, questionar, criticar, apontar erros e acertos, sem julgamentos

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Liderança

Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Em um ambiente de trabalho remoto ou mesmo híbrido, as equipes não estão presentes todos os dias. Como desenvolver um ambiente criativo e inovador?

Por Soraia Yoshida
Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

Liderança

Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

A mentalidade de aprendizado contínuo é a chave para adaptar, mudar, inovar, crescer

Por Soraia Yoshida
Como incorporar o propósito a todos os níveis da organização

Liderança

Como incorporar o propósito a todos os níveis da organização

A importância de ter um propósito claro e os benefícios de tê-lo provavelmente são claros para a maioria dos líderes, diz a CEO da consultoria BrightHouse Ashley M. Grice

Como lideranças podem desenvolver times de alta performance

Liderança

Como lideranças podem desenvolver times de alta performance

Confiança, autonomia, comunicação, segurança psicológica, aprendizado contínuo, trabalho colaborativo: todos esses elementos entram na criação de uma equipe de alta performance. Mas a liderança tem que entender e direcionar seu tim...

Por Soraia Yoshida
Como promover a transformação digital na era do trabalho remoto

Liderança

Como promover a transformação digital na era do trabalho remoto

Criar/atualizar a estratégia de transformação digital de modo a se ajustar ao cenário do trabalho rremoto é o ponto de partida para integrar a tecnologia digital em todas as áreas do negócio

Por Redação The Shift