s
O psicólogo argentino Tomas Chamorro-Premuzic é especialista em perfis de gestão Crédito: Divulgação
CARREIRA

Por que homens incompetentes assumem o poder?

O psicólogo Tomas Chamorro-Premuzic diz que se os líderes fossem escolhidos por sua competência, e não pela autoconfiança, as empresas contariam com líderes realmente competentes

Porque o mundo não coloca obstáculos suficientes na carreira dos homens incompetentes. Essa é a resposta curta do psicólogo Tomas Chamorro-Premuzic, especialista em perfis psicológicos, gestão de talentos, desenvolvimento de lideranças e people analytics, e professor de Business Psychology na University College London e na Columbia University, dada nessa palestra no TEDxUniversityofNevada.

Se de fato os líderes fossem escolhidos por competência ao invés de autoconfiança, humildade ao invés de carisma, e integridade ao invés de narcisismo, teríamos não só mais líderes competentes, mas também mais mulheres na liderança, diz Chamorro-Premuzic, que é autor de 10 livros sobre gestão de talentos, sendo que o mais recente tem o título explícito “Why Do So Many Incompetent Men Become Leaders?: (And How to Fix It)“. Note que ele fala homens, e não pessoas, mostrando que o sexismo é um dos principais obstáculos não só para termos líderes melhores, mas mais mulheres em cargos de liderança.

O outro fator gerador de erros terríveis de escolha de liderança é o processo de escolha de pessoas que invariavelmente tende a interpretar a combinação de carisma, autoconfiança e arrogância como sinais de habilidades para resolver problemas como líder quando, na verdade, deveriam ser vistos como sinais vermelhos de alerta de encrenca, diz Chamorro-Premuzic. E é por isso que ele sugere jogar fora as entrevistas de emprego.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Já recebe a newsletter? Ative seu acesso

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

O futuro do trabalho é promissor

Liderança

O futuro do trabalho é promissor

Haverá aumento das oportunidades de trabalho na economia digital movida pela IA? Sim, mas apenas se as lideranças estiverem prontas para lidar com quatro grandes limites, diz estudo do BCG.

KPIs ESG ainda são raros

ESG

KPIs ESG ainda são raros

O princípio que norteia as métricas-chave de desempenho das empresas "escorrega" quando o assunto é ESG. Indicadores-chave consistentes ainda deixam a desejar, segundo pesquisa da KPMG.

Invista em treinar e desenvolver a equipe

Liderança

Invista em treinar e desenvolver a equipe

Embora o treinamento e desenvolvimento de funcionários sejam caros, pesquisas apontam que esse tipo de atividade aumenta o senso de conexão com a empresa. E cada vez mais treinamentos que utilizam IA podem ser implementados no ambiente de...

A Construção Criativa pede passagem

Liderança

A Construção Criativa pede passagem

Pesquisas da EY,BCG e McKinsey mostram quais são as atitudes e tendências que os CEOs do mundo todo estão adotando para crescer nos negócios e obter melhores resultados

O que torna o feedback tão difícil?

Liderança

O que torna o feedback tão difícil?

A dor de descobrir lacunas profundas provoca fortes emoções e aciona gatilhos indesejados. Às vezes, a hesitação em aceitar essas lacunas vem das reservas que temos com a pessoa que as apontou

Fuja do paradoxo da performance

Carreira

Fuja do paradoxo da performance

Cuidado. Você pode estar se sabotando procurando não errar, perseguindo metas limitantes, inatingíveis sem um grande esforço, e acabar sem energia para o que realmente importa