s
Charlene Li Escritora e empreendedora, fundadora do Altimeter Group
ENTREVISTA

Mentora dos disruptores

Charlene Li, escritora e empreendedora, fundadora do Altimeter Group, diz que não tem pena das lideranças: "As grandes empresas acham que podem terceirizar a inovação e a disrupção. E isso é falso"

Por Silvia Bassi 18/10/2019

A primeira vez que vi Charlene Li pessoalmente foi em 2007, no Web 2.0 Summit, em San Francisco, mandando uma pergunta enviesada a um Mark Zuckerberg, com cara de adolescente, que estava no palco de chinelos: "você está feliz com tantos apps frívolos na plataforma"? Ela era principal analyst do Forrester Group.

Um ano depois, em 2008, ela decidiu empreender e fundou o Altimeter Group, focada, já na época, no assunto mais importante do momento atual: disrupção. Nesses últimos 20 anos, Charlene Li produziu seis best-sellers - incluindo o recém-lançado The Disruption Mindset: Why Some Businesses Transform While Others Fail -, emplacou a venda do Altimeter Group para o grupo Prophet (onde permanece como Senior Fellow), e tem ajudado centenas de executivos a lidar com mudança, liderança, futuro e ruptura.

De viagem marcada para o Brasil - vai ser uma das palestrantes da HSM Expo 2019 - ela concedeu uma entrevista exclusiva por telefone, que você acompanha abaixo. Sobre disrupção, Charlene Li não tem pena das lideranças: "As grandes empresas acham que podem terceirizar a inovação e a disrupção. E isso é falso, porque se você quer fazer a mudança certa, ela tem de acontecer no coração do negócio. Isso é muito difícil. Elas procuram por uma solução mágica que faça tudo isso acontecer. Isso não existe".

Disrupção é ...

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Eles apostam alto no fruit-based

Entrevista

Eles apostam alto no fruit-based

Le Mendes e Pedro Ian estão emprenhados em transformar a Fábrica Meatz em uma das maiores foodtechs brasileiras, com produtos disruptivos e inéditos, como a recém-lançada carne louca de jaca

No will bank, a meta é mudar a relação entre pessoas e bancos

Entrevista

No will bank, a meta é mudar a relação entre pessoas e bancos

O banco digital quer que o mundo das finanças deixe de ser um bicho de sete cabeças ao resolver os problemas de quem tem conta e também dos desbancarizados

Por Marina Hortélio
Da fazenda de cogumelos à transformação digital dos documentos

Entrevista

Da fazenda de cogumelos à transformação digital dos documentos

Orlando Souza, CEO da Iron Mountain, conta como a empresa, de 70 anos, está usando IA para extrair valor da informação escondida em mais de 50 tipos de formatos

Por Silvia Bassi
A meritocracia é uma farsa (mas não precisa ser)

Entrevista

A meritocracia é uma farsa (mas não precisa ser)

Daniel Markovits aponta o que está errado no sistema meritocrático e diz que a meritocracia pode ser revista para deixar de ser uma ferramenta de exclusão

Um amigo do clima, acima de tudo

Entrevista

Um amigo do clima, acima de tudo

Impulsionar a transição para uma economia de baixo carbono, usando tecnologias desenvolvidas no Brasil, é o propósito que move Felipe Bittencourt à frente da B-Corp WayCarbon

A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Inteligência Artificial

A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Com o uso de Inteligência Artificial, a startup alagoana Hand Talk traduz português e inglês em línguas de sinais. O propósito é reduzir as barreiras de comunicação entre surdos e ouvintes, como conta o CEO Ronaldo Tenório

Por Marina Hortélio