s
Escritório do Hubspot, que se destacou no levantamento da Glassdoor de melhores empresas para se trabalhar Crédito: Divulgação
CARREIRA

Glassdoor: 50 melhores empresas para trabalhar no Brasil

O Glassdoor, um dos maiores sites de recrutamento do mundo, liberou seus rankings anuais de melhores empresas para trabalhar com uma novidade: o Brasil

O Glassdoor, um dos maiores sites de recrutamento do mundo, liberou seus rankings anuais de melhores empresas para trabalhar com uma novidade: o Brasil. Os rankings, que até o ano passado cobriam cinco países – EUA, Canadá, Reino Unido, França e Alemanha – agora são 9, e passam a incluir também Argentina, México e Singapura (você consegue ver todos aqui)

O ranking Brasil tem 50 empresas e os três primeiros lugares são ocupados por companhias de tecnologia: SAP, ThoughtWorks e Google, nessa ordem. Aliás, o setor de tecnologia pure breed tem 9 empresas na lista (Amazon entrou, mas está em varejo). Das 50 companhias, apenas 20 são brasileiras, incluindo as fintechs Nubank e Creditas e a Loggi (única startup de mobilidade).

Uma das características importantes dos rankings da Glassdoor é que eles são obtidos a partir da análise das avaliações compartilhadas pelos funcionários, portanto pesa fortemente a cultura corporativa que de fato é praticada. “As pessoas se preocupam profundamente com o local onde trabalham e número crescente de pesquisas mostra que empresas com culturas excelentes não só têm uma clara vantagem competitiva para atrair talentos, mas também frequentemente lideram em termos de desempenho financeiro” (Andrew Chamberlain, Economista-chefe da Glassdoor).

Receba grátis nossa newsletter
A cultura corporativa fala mais alto

A cultura corporativa fala mais alto

 

A cultura da inovação e a criação de ideias no trabalho híbrido

Diversidade

A cultura da inovação e a criação de ideias no trabalho híbrido

Na cultura de inovação, a melhor ideia tem que vencer sempre e ela pode vir de qualquer pessoa. Veja como incentivar o processo de criação

Por Soraia Yoshida
Mais flexibilidade no trabalho, menos burnout

Carreira

Mais flexibilidade no trabalho, menos burnout

Síndrome do burnout é resultante do estresse crônico no local de trabalho que não foi administrado com sucesso

Por Soraia Yoshida
Empatia é o skill mais importante para um líder

Carreira

Empatia é o skill mais importante para um líder

Os funcionários descrevem um líder empático como alguém transparente, justo e que cumpre o combinado em suas ações

Por Soraia Yoshida
Abes SW Conference dia 3: as pessoas são a chave da transformação digital

Inovação

Abes SW Conference dia 3: as pessoas são a chave da transformação d...

Grande parte dos profissionais brasileiros ainda precisam desenvolver as habilidades necessárias na nova economia, mas é possível solucionar esse problema com parcerias e um foco na rede pública de ensino.

Por Marina Hortélio
A neurodiversidade pode ser um ponto forte nas empresas

Carreira

A neurodiversidade pode ser um ponto forte nas empresas

Pessoas com habilidades cognitivas diferentes podem se tornar extremamente produtivas com um ambiente de trabalho desenhado para acomodar suas diferenças

Por Miriam Moeller, Dana L. Ott e Emily Russo, The Conversation
Comunicação: um emoji pode significar várias coisas

Carreira

Comunicação: um emoji pode significar várias coisas

O emoji que você coloca em suas mensagens pode significar algo bem diferente para a Geração Z

Por Soraia Yoshida