s
Crédito: Pixabay
CARREIRA

Lideranças em xeque na pandemia

A crise do Covid-19 ampliou o recrutamento de profissionais C-levels. A busca é por um perfil ágil, habilidades para desenvolver estratégias digitais e foco em transformação digital

Entre as mudanças culturais causadas pela Covid-19 está uma mudança radical do papel dos líderes. Mais do que nunca eles precisam gerenciar a crise enquanto constroem o futuro. Em outras palavras, navegar com equilíbrio entre dois extremos: o do pragmatismo para manutenção das operações e o do pensamento estratégico e disruptivo.

Muitos setores vinham até então na tendência para construir organizações mais centralizadas e funcionais, mas esse processo foi interrompido e agora passa por uma revisão, já que as empresas estão enxergando a importância do papel dos líderes locais durante a pandemia. Essa presença tem sido vital em melhorar o engajamento dos funcionários e a hora de responder a demandas locais que são únicas dentro dos processos da companhia. Em outras palavras, o valor de contar com equipes ágeis e capazes de cobrir funções em diferentes áreas ficou evidente - o que pode balançar o pêndulo em direção a uma liderança descentralizada.

O recrutamento de C-levels com esse perfil aumentou nas últimas semanas, inclusive no Brasil, segundo Marcio Gadaleta, consultor da Russell Reynolds Associates. A busca é, sobretudo, por executivos ágeis, com habilidades para desenvolver estratégias digitais, focados em revolucionar os processos das empresas. Clientes que estavam prospectando candidatos a CIO passaram a dar preferência para novos CTOs (Chief Transformation Officers). A ordem é acelerar o digital.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Quer inovar? Busque alavancar o intraempreendedorismo

Inovação

Quer inovar? Busque alavancar o intraempreendedorismo

Ao apostar no empreendedorismo interno, as empresas aproveitam o talento dos colaboradores e aumentam as chances de inovar de forma acelerada.

Um planeta sob nova direção

Tendências

Um planeta sob nova direção

Homem e natureza são parte do mesmo sistema interconectado. Se um destrói o outro, sucumbirá em seguida. Com esta certeza, universidades, ONGs e empresas privadas estão se unindo para criar centros de conhecimento de Desenvolvimento Reg...

A erupção dos

Tendências

A erupção dos "colarinhos verdes"

As empresas que, no ano passado, sofreram uma fuga de talentos poderão ter dificuldades se quiserem contratar uma nova leva de profissionais. É que os green jobs estão absorvendo esta mão-de-obra, ao mesmo tempo em que a qualifica.

Trabalho híbrido: estamos

Tendências

Trabalho híbrido: estamos "fervendo o sapo"?

A nova versão do estudo da Microsoft, Work Trend index Special Report, mostra que empresas e gestores não estão sabendo como lidar com as mudanças ocorridas no ambiente de trabalho ou estão "cozinhando o sapo" do trabalho híbrido para...

As soft skills chegam ao podium

Tendências

As soft skills chegam ao podium

As habilidades comportamentais entraram na equação das contratações. A edtech B.NOUS facilita a jornada de desenvolvimento dos funcionários com a criação de trilhas de aprendizagem personalizadas focadas em soft skills.

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Inovação

PMEs e startups: parceria incrementa digitalização

Com mais maturidade digital, as pequenas e médias empresas brasileiras podem beneficiar ainda mais a economia. As startups trazem as soluções para apoiar a digitalização