s
Manter a vantagem de inovação sem empurrar os colaboradores em direção ao burnout parece ser a chave Crédito: Unsplash
GESTÃO

Inovação demais também pode afastar talentos

Uma cultura tóxica é o que mais causa atrito nas empresas, mas a corrida para tentar manter a ponta na inovação pode levar muitos profissionais a sair

Por Soraia Yoshida 17/01/2022

Ainda que ofereça salários altos e bons benefícios, uma organização com uma cultura tóxica vai perder talentos ao longo do tempo. Em um mercado competitivo, mais rápido do que se imagina. Já está acontecendo com maior ênfase nos Estados Unidos, como mostra uma pesquisa da Revelio Labs, que analisou perfis online de 34 milhões de funcionários para apontar quais são os principais pontos de atrito entre empresas e colaboradores.

Uma cultura corporativa tóxica é o maior fator que faz com que profissionais queiram deixar uma companhia. As culturas tóxicas são identificadas pelo fracasso em promover a diversidade, a equidade e a inclusão, assim como o fato de que os trabalhadores se sentem desrespeitados, além da promoção ou mesmo falta de punição em relação a um comportamento antiético.

A reestruturação dentro das organizações influencia a rotatividade, já que traz insegurança e demissões. Da mesma maneira, funcionários que não sentem seu desempenho reconhecido ou que não se sentem ouvidos e respeitados vão procurar oportunidades.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Liderança

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Em um ambiente de segurança psicológica, todos sentem que podem perguntar, opinar, questionar, criticar, apontar erros e acertos, sem julgamentos

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Liderança

Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Em um ambiente de trabalho remoto ou mesmo híbrido, as equipes não estão presentes todos os dias. Como desenvolver um ambiente criativo e inovador?

Por Soraia Yoshida
Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

Liderança

Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

A mentalidade de aprendizado contínuo é a chave para adaptar, mudar, inovar, crescer

Por Soraia Yoshida
Como lideranças podem desenvolver times de alta performance

Liderança

Como lideranças podem desenvolver times de alta performance

Confiança, autonomia, comunicação, segurança psicológica, aprendizado contínuo, trabalho colaborativo: todos esses elementos entram na criação de uma equipe de alta performance. Mas a liderança tem que entender e direcionar seu tim...

Por Soraia Yoshida
Como o flow pode fazer diferença na sua vida em 2022

Carreira

Como o flow pode fazer diferença na sua vida em 2022

Estar no flow e como vivê-lo é importante para nossa saúde mental e bem-estar em geral

Por Richard Huskey, The Conversation
Como sua empresa pode atrair e reter talentos

Liderança

Como sua empresa pode atrair e reter talentos

Em um mercado em que grandes profissionais estão sendo disputados até por empresas fora do país, as companhias precisam entender o que pode atrair e reter talentos

Por Soraia Yoshida