s
O jornalista norte-americano David Epstein em palestra no TED Crédito: Reprodução/TED
CARREIRA

Especialização nem sempre garante sucesso

O jornalista David Epstein afirma que os generalistas estão mais preparados para se destacar em vários campos porque são capazes de se adaptar melhor, uma exigência dos tempos modernos

Especializar-se em uma determinada habilidade muito cedo na vida pode prejudicar seu desenvolvimento no longo prazo, explica o jornalista David Epstein, autor do livro “Range: Why Generalists Triumph in a Specialized World“. Com exemplos retirados dos esportes, da tecnologia e da economia, ele afirma que a hiperespecialização pode sair pela culatra. Claro, há exceções, como na Medicina. Mas no geral, o trabalho moderno tem exigido mais um pensamento adaptável e conceitual.

Epstein descobriu que na maioria dos campos — especialmente aqueles que são complexos e imprevisíveis — os generalistas, não os especialistas, estão preparados para se destacar. Os generalistas muitas vezes descobrem seu caminho tarde e fazem malabarismos com muitos interesses em vez de se concentrar em apenas um. Eles também são mais criativos, mais ágeis e capazes de fazer conexões que seus colegas mais especializados não conseguem ver.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Já recebe a newsletter? Ative seu acesso

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

 

“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Tendências

“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Movimento que defende trabalhar apenas o contratado começa no Tik Tok, invade as redes sociais e acende o sinal amarelo na área de RH: será tão perigoso quanto a "Grande Demissão?"

Lugar de mulher também é no metaverso

Inovação

Lugar de mulher também é no metaverso

Número de profissionais envolvidas com os mundos virtuais cresce globalmente. Empresas como a Meta, a Sandbox e a agência de NFT World of Women apostam na formação tecnológica feminina

Quando os atributos são mais relevantes que as habilidades

Tendências

Quando os atributos são mais relevantes que as habilidades

E por que compreender a diferença entre os dois é um passo crítico para otimizar seu desempenho em tempos desafiadores, segundo os profissionais de RH

O trabalho mudou: agora é a vez de mudar a retenção de talentos

Carreira

O trabalho mudou: agora é a vez de mudar a retenção de talentos

Muitas lideranças gastam boa parte do tempo em conversas com recrutadores para encontrar candidatos para reforçar suas equipes

Sem habilidades sociais, não dá para ser CEO

Carreira

Sem habilidades sociais, não dá para ser CEO

A mudança nas habilidades desejadas pelas organizações privilegia a boa comunicação e a capacidade de convencer e entender o que as pessoas querem

Geração Z e o fim do trabalho que conhecemos

Tendências

Geração Z e o fim do trabalho que conhecemos

As organizações estão diante do desafio de construir culturas que levem em conta as necessidades e sejam capazes de atrair, engajar e reter talentos da Geração Z