s
CARREIRA

(Des)Igualdade de gênero no Brasil

A desigualdade de gênero não teve grandes avanços, de acordo com relatório do Fórum Econômico Mundial

Por Soraia Yoshida 18/06/2024

Quando se trata de diminuir o abismo que existe entre homens e mulheres no Brasil, ainda tem chão. O país atingiu sua maior paridade em cargos de liderança sênior (66,1%) e subiu sua pontuação na taxa de participação da força de trabalho (72,6%) em 2023, conforme o Relatório "Global Gender Gap 2024", do Fórum Econômico Mundial. Mas em termos de paridade entre trabalhadores profissionais e técnicos, nada mudou.

A paridade econômica está em 66,7% e o empoderamento político, ou seja, a representatividade de mulheres em cargos políticos, caiu de 26,3% registrados no relatório de 2023 para 22%. Há menos mulheres em cargos ministeriais. Nesse índice, acompanhamos a média global, mas isso não é razão para se orgulhar.

No ranking do Gender Gap Index, o Brasil caiu 13 posições em relação ao ano passado, ocupando a 70ª posição no índice de 2024. Os dados indicam que eliminar 71,6% da diferença de gênero. Na visão do copo meio cheio, o Brasil fica acima dos 70%. Na visão do copo meio vazio, falta praticamente um terço para fechar a conta da igualdade.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Reskilling: é possível criar um programa de requalificação que funciona?

Tendências

Reskilling: é possível criar um programa de requalificação que fun...

A requalificação deve se tornar uma tendência dominante entre as organizações, mas como garantir programas com melhores resultados para a empresa e para os colaboradores?

Foco no trabalho: 30 minutos é o limite sem se distrair

Carreira

Foco no trabalho: 30 minutos é o limite sem se distrair

Será que a capacidade de manter a atenção no trabalho está morrendo? Pesquisas indicam que maioria só consegue manter o foco por meia hora, antes de se distrair

Agronegócio: Conheça as novas profissões e quanto pagam

Carreira

Agronegócio: Conheça as novas profissões e quanto pagam

O mercado ligado ao agronegócio busca talentos para preencher vagas que surgiram com a introdução de tecnologias e governança.

IA no Trabalho: Quando as mudanças são demais, o que fazer?

Tendências

IA no Trabalho: Quando as mudanças são demais, o que fazer?

Os trabalhadores se queixam de que não conseguem acompanhar o ritmo das mudanças no trabalho e se sentem sobrecarregados

Mentoria para mulheres e flexibilidade no trabalho trazem mais resultados

Carreira

Mentoria para mulheres e flexibilidade no trabalho trazem mais resulta...

As mulheres têm diferentes necessidades conforme o momento de carreira, mas as empresas que oferecem programas de mentoria e desenvolvimento, além de flexibilidade, saem ganhando

(Des)Igualdade de gênero no Brasil

Carreira

(Des)Igualdade de gênero no Brasil

A desigualdade de gênero não teve grandes avanços, de acordo com relatório do Fórum Econômico Mundial