s
O escritor David Brooks, autor de The Second Mountain: the quest for a Moral Life Crédito: Reprodução/YouTube
CARREIRA

David Brooks: 5 mentiras sobre sucesso pessoal

David Brooks descreve sua visão pessoal de uma revolução cultural que nos capacitará a levar uma vida de maior significado, propósito e alegria

David Brooks, colunista do New York Times e autor do livro "The Second Mountain: The Quest for a Moral Life" é "uma pessoa muito comum com habilidades de comunicação acima da média". Nesta palestra do TED, eleita como uma das dez melhores de 2019, ele descreve o que nos leva a nos sentirmos presos em um vale de isolamento e fragmentação, e a sua visão pessoal de uma revolução cultural que nos capacitará a levar uma vida de maior significado, propósito e alegria.

Na opinião de Brooks somos prisioneiros de cinco mentiras sobre sucesso e satisfação pessoal: 1 - O sucesso na carreira é gratificante; 2 - Por sermos auto-suficientes,  podemos nos fazer felizes; 3 - A vida é uma jornada individual; 4 -  Temos que encontrar nossa própria verdade; e 5 - Pessoas ricas e bem-sucedidas valem mais do que pessoas mais pobres e menos bem-sucedidas.

Segundo ele, nos apegamos demais ao hiperindividualismo e à meritocracia e fizemos deles suposições tácitas que governam como vivemos. Por isso uma revolução cultural é tão necessária e importante.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Tendências

“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Movimento que defende trabalhar apenas o contratado começa no Tik Tok, invade as redes sociais e acende o sinal amarelo na área de RH: será tão perigoso quanto a "Grande Demissão?"

Lugar de mulher também é no metaverso

Inovação

Lugar de mulher também é no metaverso

Número de profissionais envolvidas com os mundos virtuais cresce globalmente. Empresas como a Meta, a Sandbox e a agência de NFT World of Women apostam na formação tecnológica feminina

Quando os atributos são mais relevantes que as habilidades

Tendências

Quando os atributos são mais relevantes que as habilidades

E por que compreender a diferença entre os dois é um passo crítico para otimizar seu desempenho em tempos desafiadores, segundo os profissionais de RH

O trabalho mudou: agora é a vez de mudar a retenção de talentos

Carreira

O trabalho mudou: agora é a vez de mudar a retenção de talentos

Muitas lideranças gastam boa parte do tempo em conversas com recrutadores para encontrar candidatos para reforçar suas equipes

Sem habilidades sociais, não dá para ser CEO

Carreira

Sem habilidades sociais, não dá para ser CEO

A mudança nas habilidades desejadas pelas organizações privilegia a boa comunicação e a capacidade de convencer e entender o que as pessoas querem

Geração Z e o fim do trabalho que conhecemos

Tendências

Geração Z e o fim do trabalho que conhecemos

As organizações estão diante do desafio de construir culturas que levem em conta as necessidades e sejam capazes de atrair, engajar e reter talentos da Geração Z