s
Crédito: Ketuti Subiyanto/Pexels
PRODUTIVIDADE

Futuro do trabalho é bem mais flexível

A pandemia deve acelerar a tendência já adotada por muitas empresas de trabalho flexível. No Brasil, uma pesquisa apontou que mais de 30% gostariam de trabalhar em casa o máximo de dias possíveis

Há um ano, mais ou menos, o International Workplace Group reuniu opiniões de mais de 15 mil empresários em mais de 80 países, incluindo o Brasil. Perguntou a eles sobre os principais fatores para o trabalho flexível, como ele estava sendo usado por empresas internacionais e quais obstáculos ainda persistiam. Os resultados do estudo, compilados pela Raconteur ao final, mostraram que atividades realizadas fora dos escritórios já representavam praticamente metade da jornada de trabalho semanal. E 62% das empresas em todo o mundo  adotavam uma política de trabalho flexível.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Já recebe a newsletter? Ative seu acesso

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

Crédito: IWG

A pandemia deve acelerar essa tendência e remodelar o futuro do trabalho. No Brasil, uma pesquisa recente da Hibou mostra que dos 31% que passaram a fazer home office a partir da pandemia, só 30% não gostaram da experiência. Já 36,7% gostariam de trabalhar de casa ao menos uma vez por semana e 32,6% o máximo de dias possíveis. A preferência varia muito em relação à função e à idade. Os mais jovens não gostariam de abrir mão da socialização nos locais de trabalho.

Inclusão pode ser a resposta para a crise do burnout

Liderança

Inclusão pode ser a resposta para a crise do burnout

As empresas precisam trabalhar a inclusão muito além do onboarding, criando um espaço em que as pessoas se sentem seguras para se expressar

Pontos de inflexão são oportunidades

Produtividade

Pontos de inflexão são oportunidades

Pontos de inflexão podem gerar diversas transformações para um projeto, porém se foram bem planejadas e implementadas podem levar a diversos casos de sucesso diz estudo feito pela EY

O mito da multitarefa sobrevive. Até quando?

Produtividade

O mito da multitarefa sobrevive. Até quando?

Em um mundo cada vez mais acelerado a multitarefa acaba sendo glorificada, mas pode levar a uma produtividade 40% menor. Podemos levar 9,5 minutos para recuperar o ritmo de trabalho.

Tente evitar a linguagem empresarial

Produtividade

Tente evitar a linguagem empresarial

Só assim será possível melhorar a comunicação com os stakeholders

Monitoramento da produtividade: Prós e contras

Produtividade

Monitoramento da produtividade: Prós e contras

Ficar de olho nas atividades dos profissionais pode ser uma grande estratégia de crescimento para as organizações, mas é preciso tomar cuidado para o tiro não sair pela culatra

Previsões para o futuro da Inteligência Corporativa

Inteligência Artificial

Previsões para o futuro da Inteligência Corporativa

Saiba o que será preciso para estar bem posicionado e, de quebra, melhorar a resiliência digital, a agilidade e a inovação