s
Restaurante com mesas na calçada no Rio de Janeiro Crédito: Tomaz Silva
ECONOMIA DIGITAL

Futuro da “experiência do restaurante” em xeque

Os comerciantes recorrem à economia digital e passam a depender cada vez mais de aplicativos de delivery para manter a operação

A reabertura gradual do comércio nas grandes cidades brasileiras enfrenta desafios para retomar o faturamento durante a pandemia. Em São Paulo, mais da metade dos restaurantes e bares só ganha 10% da receita pré Covid-19. Apenas 35% dos estabelecimentos conseguiram acessar programas de crédito do governo, colocando em dúvida o futuro de parte deles.

Os comerciantes recorrem à economia digital e passam a depender cada vez mais de aplicativos de delivery para manter a operação. O gasto médio com apps de comida e supermercado cresceu 40% na pandemia.

No entanto, a presença no espaço urbano e a experiência que um restaurante promove ao cliente podem estar em cheque. Para cortar custos com salão, equipamento e funcionários, diversos estabelecimentos recorrem às cozinhas compartilhadas – também chamadas de cloud kitchens ou dark kitchens – focadas apenas no delivery.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Já recebe a newsletter? Ative seu acesso

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

Nos EUA, o mercado está em alerta para uma tendência de aumento da desigualdade no setor, de acordo com estudo do Bank of America. Enquanto as cadeias de restaurantes têm visto a receita crescer 2% em média nas últimas semanas, os estabelecimentos independentes diminuíram em 15% o faturamento.

Em parte, estes dados são explicados pelo próprio fato de a experiência de se sentar em uma mesa dentro de um restaurante estar associada aos estabelecimentos independentes. Ou seja, as pessoas veem mais riscos nestes locais do que em redes de fast-food, nas quais há menor contato humano. Neste cenário, apenas dois terços dos proprietários de restaurantes independentes acreditam que ainda estarão de portas abertas até outubro.

O horizonte bilionário dos ecossistemas de canais

Tendências

O horizonte bilionário dos ecossistemas de canais

Segundo a empresa de pesquisas Canalys, é formado por 223 startups e empresas movimentaram US$ 3,9 bilhões em vendas de software, em 2021 e têm US$ 8,9 bilhões projetados para 2027

Após regulamentação, startups inovam na telemedicina veterinária

Tendências

Após regulamentação, startups inovam na telemedicina veterinária

O atendimento remoto já era praticado, mas regulamentação deve fazer o modelo evoluir. Novas oportunidades de negócio foram criadas.

Simple2u: como a MAG enfrenta a transformação dos seguros

Entrevista

Simple2u: como a MAG enfrenta a transformação dos seguros

Em entrevista exclusiva à THE SHIFT, Leonardo Lourenço, Head Geral da Simple2u, conta como a insurtech criada dentro do sandbox regulatório da Susep, repensa o segmento.

Correção no mercado latino: investimentos caem, mas otimismo se mantém

Tendências

Correção no mercado latino: investimentos caem, mas otimismo se mant...

Segundo estudo da LAVCA, 2022 já é o segundo melhor ano para os investimentos de Venture Capital na América Latina.

Qual o futuro dos chatbots de IA?

Inteligência Artificial

Qual o futuro dos chatbots de IA?

E por que aqueles alimentados por grandes modelos de linguagem, apesar de mais capazes, ainda levarão algum tempo para chegar aos aplicativos comerciais?

Mobile é importante canal de vendas no Brasil

Mobile

Mobile é importante canal de vendas no Brasil

No total, estima-se que 33 milhões de brasileiros usaram seus aparelhos pelo menos uma vez em suas últimas compras.