s
Após mudanças drásticas para adaptar o negócio à pandemia, que incluíram mais horas trabalhadas e também cortes de salários e demissões, as empresas estão agora vivendo um “grande despertar do EX”, Crédito: iStock
TENDÊNCIAS

Foco no colaborador: EX bem feito é diferencial para empresas

A experiência do colaborador seria a nova experiência do cliente? Pesquisas indicam que sim

Por Soraia Yoshida 10/01/2022

Até 2019, tudo tinha a ver com o cliente. O cliente ainda é muito importante, mas as organizações que querem atrair e reter os melhores talentos estão puxando o foco também para a experiência do colaborador. As mudanças nos últimos anos na forma como trabalhamos e como enxergamos o trabalho estão transformando a experiência do colaborador (EX) no novo CX.

Mais de 90% dos empregadores pretendem melhorar a experiência do colaborador e fazer dela uma prioridade em 2022, de acordo com uma pesquisa da consultoria Willis Tower Watson. Após mudanças drásticas para adaptar o negócio à pandemia, que incluíram mais horas trabalhadas e também cortes de salários e demissões, as empresas estão agora vivendo um “grande despertar do EX”, aponta o estudo, que tem 92% das organizações priorizando aprimoramentos do EX nos próximos três anos – muito acima dos 52% registrados antes da pandemia, em levantamento anterior.

“Esta mudança de prioridade reflete a visão do empregador de que o EX impulsiona o engajamento (81%) e o bem-estar do funcionário (80%), bem como a produtividade (79%) e o desempenho geral dos negócios (78%), criando valor para os funcionários e para a empresa”, aponta o estudo. Mas o estudo mostra que muitas empresas ainda não foram capazes de organizar sua estratégia, por exemplo, para olhar para o bem-estar dos funcionários. O Índice do Bem-estar Corporativo (IBC), criado pelo Zenklub, está em 49,25 dentro de uma escala de 0 a 100, em que o ideal seria acima de 78.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Liderança

Como construir a segurança psicológica também no trabalho híbrido

Em um ambiente de segurança psicológica, todos sentem que podem perguntar, opinar, questionar, criticar, apontar erros e acertos, sem julgamentos

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Liderança

Como desenvolver a criatividade no trabalho remoto

Em um ambiente de trabalho remoto ou mesmo híbrido, as equipes não estão presentes todos os dias. Como desenvolver um ambiente criativo e inovador?

Por Soraia Yoshida
Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Liderança

Como desenvolver talentos em início de carreira virtualmente

Como as lideranças devem pensar o desenvolvimento de quem está começando a carreira? The Shift traz algumas reflexões e respostas

Por Soraia Yoshida
Como lideranças podem evitar o viés de comportamento

Liderança

Como lideranças podem evitar o viés de comportamento

Por falta de tempo e pelas características das reuniões digitais, a tendência é julgar situações por conta própria e assumir que falta engajamento e vontade de fazer

Por Soraia Yoshida
Como manter o social no trabalho (sem fazer social)

Liderança

Como manter o social no trabalho (sem fazer social)

Sem almoços ou cafés para compartilhar, sem comentários no escritório, ainda assim é possível construir relacionamentos dentro da empresa

Por Soraia Yoshida
Como montar um time cognitivamente mais diverso

Diversidade

Como montar um time cognitivamente mais diverso

A diversidade dentro de uma organização pode estar no processo mental, ou seja, no modelo cognitivo de quem pensa de um jeito diferente do seu

Por Soraia Yoshida