s
Ashley M. Grice é CEO e Diretora Administrativa da consultoria BrightHouse, empresa do Boston Consulting Group (BCG Crédito: TED
LIDERANÇA

Como incorporar o propósito a todos os níveis da organização

A importância de ter um propósito claro e os benefícios de tê-lo provavelmente são claros para a maioria dos líderes, diz a CEO da consultoria BrightHouse Ashley M. Grice

Por Soraia Yoshida 18/04/2022

“O propósito não é um projeto de vaidade do CEO”, afirma Ashley M. Grice, CEO e Diretora Administrativa da consultoria BrightHouse, empresa do Boston Consulting Group (BCG). “O propósito é desconfortável. Deve ser porque você está introduzindo uma tensão entre idealismo e realismo: quem você realmente quer ser e quem você é capaz de ser hoje e no futuro”.

O propósito é diferente da missão ou da visão da empresa porque ele se mantém, mesmo quando a liderança muda. Para a estrategista, o poder do propósito está em ultrapassar os limites da inovação e trazer clareza a todos os aspectos de uma organização, desde a sala da diretoria até o chão de fábrica.

 

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Reskilling: é possível criar um programa de requalificação que funciona?

Tendências

Reskilling: é possível criar um programa de requalificação que fun...

A requalificação deve se tornar uma tendência dominante entre as organizações, mas como garantir programas com melhores resultados para a empresa e para os colaboradores?

Transformação Digital em Empresas: Estado de reinvenção contínua

Liderança

Transformação Digital em Empresas: Estado de reinvenção contínua

Mais de 80% das empersas possuem programas de transformação digital

Foco no trabalho: 30 minutos é o limite sem se distrair

Carreira

Foco no trabalho: 30 minutos é o limite sem se distrair

Será que a capacidade de manter a atenção no trabalho está morrendo? Pesquisas indicam que maioria só consegue manter o foco por meia hora, antes de se distrair

IA no Trabalho: Quando as mudanças são demais, o que fazer?

Tendências

IA no Trabalho: Quando as mudanças são demais, o que fazer?

Os trabalhadores se queixam de que não conseguem acompanhar o ritmo das mudanças no trabalho e se sentem sobrecarregados

Inclusão pode ser a resposta para a crise do burnout

Liderança

Inclusão pode ser a resposta para a crise do burnout

As empresas precisam trabalhar a inclusão muito além do onboarding, criando um espaço em que as pessoas se sentem seguras para se expressar

Invista na confiança multigeracional

Liderança

Invista na confiança multigeracional

Pesquisas apontam que existe uma dificuldade de comunicação entre os colaboradores da Geração Z com os colegas mais velhos.