s
Zaima Milazzo, presidente do Brain Crédito: Divulgação

INOVAÇÃO

Toda inovação deve ser pragmática e gerar resultados tangíveis

O Brain, centro de inovação da Algar Telecom, adotou um modelo muito peculiar de inovação, voltado para transformação do negócio, conta sua presidente Zaima Milazzo

Por Cristina De Luca 07/05/2021

A comunicação de dados está no centro da megatendência da digitalização. É um facilitador chave para os negócios digitais. Ainda assim, empresas que têm a comunicação de dados como carro-chefe não estão imunes à disrupção. É com esse axioma em mente que Zaima Milazzo conduz o Brain - Centro de Inovação em Negócios Digitais da Algar Telecom.

Como uma Instituição de Ciência e Tecnologia voltada para inovação, o Brain tem duplo chapéu: além de tocar o programa de inovação aberta da companhia, é também um centro de P&D orientado ao desenvolvimento de soluções que respondam às necessidades da sociedade de maneira inovadora.

Sua missão é alinhar a necessidade da pesquisa sobre tendências tecnológicas e os desejos dos consumidores para criar produtos e serviços casados com a estratégia da Algar Telecom. E, dessa forma, contribuir para o reposicionamento dos negócios da companhia, tornando-a menos dependente da comunicação de dados. Tarefas naturais para essa mineira que, em seus mais 20 anos de Algar Telecom sempre esteve envolvida com o desenvolvimento de produtos e novos modelos de negócios.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Entrevista

"Inovação sem direção é carro desgovernado"

Para o Head de Transformação Digital da Suzano, Alexandre Cezilla, a transformação digital é um movimento cultural que precisa contaminar toda a companhia para que possa ser escalável e gerar mudanças

Por Silvia Bassi
Quer mais inovação nos negócios? Promova o trabalho colaborativo

Liderança

Quer mais inovação nos negócios? Promova o trabalho colaborativo

Promover o espírito colaborativo dentro das equipes – trabalhem elas em formato de squad ou grupos multidisciplinares – é papel da liderança

Por Soraia Yoshida
5 motivos para fazer inovação aberta

Inovação

5 motivos para fazer inovação aberta

No Brasil, 83% das empresas acreditam precisar de inovação para se destacar no período pós-pandemia, porém apenas duas em cada dez já apresentam estratégias de associação com o ecossistema de startups

Por Redação The Shift
O que faz uma empresa ser líder em inovação aberta

Inovação

O que faz uma empresa ser líder em inovação aberta

Colaboração entre setor corporativo, startups e academia aumentou durante a pandemia e tendência seguirá em alta

Por Redação The Shift
A Open Innovation é levada muito a sério na NASA

Inovação

A Open Innovation é levada muito a sério na NASA

Na última década, os programas colaborativos baseados nos desafios de inovação e na ciência cidadã mudaram a cultura da agência e a produtividade das equipes de P&D

Por Redação The Shift
Chegou a hora de rever o conceito de inovação bem-sucedida

Inovação

Chegou a hora de rever o conceito de inovação bem-sucedida

O ponto ideal de inovação deveria ser o Santo Graal de todas as empresas. Para aquelas que já os perseguem, há um novo critério: a integridade do produto ou serviço inovador

Por Redação The Shift