s
STARTUPS

Toda crise gera oportunidades

Isso Manoel Suhet, CEO da bTd Travels, sabe bem. A concierge de viagens de alto luxo pivotou durante a pandemia para explorar o mercado de voos a bordo de jatos privados

Por Lorena Ortega 11/05/2023

Fundada nos Estados Unidos em 2017, a bTd Travels tinha, num primeiro momento, o objetivo de solucionar a dor das linhas aéreas que gostariam de alcançar as pequenas e médias empresas. Funcionava como um marketplace. Mas veio a pandemia e a necessidade de maximizar o uso de empty legs. Desde então a startup vem postando no setor de jatos privados, com dois propósitos: tornar as viagens em jatos privados mais acessíveis e sustentáveis, com a opção de compra de crédito de carbono pelos clientes, já que nos últimos três anos os jatos que voaram vazios emitiram cerca de 2 milhões de toneladas de C02.

“Toda crise gera oportunidades. A pandemia nos ajudou a reposicionar a empresa e a partir daí a gente montou uma tese de investimentos”, conta o CEO, Manoel Suhet. “Somos uma plataforma que integra o conteúdo de todos os modais de viagens, num único sistema de reservas, reduzindo o chamado travel friction, a necessidade de utilizar múltiplas plataformas individuais para planejar uma viagem a trabalho ou lazer”, explica.

O app junta todas as verticais de viagens em um único lugar: aéreas, com voos comerciais, jatos privados, helicópteros e, em breve, o eVtol (drones tripulados), viagens terrestres, com aluguel de carros esportivos, motorhomes, chofer executivo e viagens marítimas, como cruzeiros, iates, barcos e veleiros; além de acomodações em hotéis, resorts e residências de luxo pelo mundo.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

Startups

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

O primeiro relatório "Startup de Impacto Report Brasil" do Observatório Sebrae de Startups apresenta o panorama das principais startups de impacto no Brasil.

O negócio de fechar startups

Startups

O negócio de fechar startups

Empresas especializadas em fechar startups, como a Sunset e SimpleClosure, estão recebendo investimentos de milhões de dólares mostrado o início de um novo mercado.

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Startups

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Um novo estudo científico sobre startups dá uma nova dimensão à frase "personalidade de sucesso"

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Startups

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Scale-ups são startups que chegaram à vida adulta e crescem, no mínimo 20% ao ano, sua receita recorrente. Sua habilidade de escalar os negócios merece ser estudada pelas empresas tradicionais, já que apenas uma em cada 200 startups ch...

2024, o ano dos unicorpses

Startups

2024, o ano dos unicorpses

Dez anos depois que o termo Unicórnio foi estabelecido o cenário atual está cada vez mais difícil para as startups conseguirem prosperar no mercado gerando vários “unicorpses”

Para onde correm os unicórnios?

Startups

Para onde correm os unicórnios?

Aileen Lee, sócia da Cowboy Ventures, dez anos depois de seu artigo "Welcome to the unicorn club" escreve uma nova análise sobre o futuro dessas empresas