s
STARTUPS

O novo capítulo das EdTechs globais

EdTechs globais vivem um novo momento, de baixo investimento, o maior visto até agora. Para outros segmentos de startups, a revisão das previsões também está valendo

Por Silvia Bassi 04/07/2023

Caiu, e muito, o investimento global de capital de risco nas startups focadas em educação (EdTechs). O novo relatório da HolonIQ mostra uma queda consistente do investimento, em 2022 e primeiro semestre de 2023, desde o grande salto de 2021. Pelo movimento, até agora, a projeção é que 2023 só será melhor que 2016 em termos de captação de recursos: US$ 3,5 bilhões.

Os números de 2023 estão muito aquém dos últimos dois anos. Até agora (janeiro a junho) o investimento totalizou Us$ 1,8 bilhão, e o segundo trimestre ficou ainda menor que o primeiro, levando a uma projeção bem pessimista (pelo menos no que diz respeito a capital de risco).

A HolonIQ monitora o mercado desde 2010. Nesse período de 12 anos, cerca de US$ 100 bilhões foram investidos em EdTechs no mundo todo, 60% disso dividido igualmente entre EUA e China, e o restante espalhado entre Índia, Europa, África, América Latina e Oriente Médio.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

Startups

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

O primeiro relatório "Startup de Impacto Report Brasil" do Observatório Sebrae de Startups apresenta o panorama das principais startups de impacto no Brasil.

O negócio de fechar startups

Startups

O negócio de fechar startups

Empresas especializadas em fechar startups, como a Sunset e SimpleClosure, estão recebendo investimentos de milhões de dólares mostrado o início de um novo mercado.

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Startups

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Um novo estudo científico sobre startups dá uma nova dimensão à frase "personalidade de sucesso"

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Startups

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Scale-ups são startups que chegaram à vida adulta e crescem, no mínimo 20% ao ano, sua receita recorrente. Sua habilidade de escalar os negócios merece ser estudada pelas empresas tradicionais, já que apenas uma em cada 200 startups ch...

2024, o ano dos unicorpses

Startups

2024, o ano dos unicorpses

Dez anos depois que o termo Unicórnio foi estabelecido o cenário atual está cada vez mais difícil para as startups conseguirem prosperar no mercado gerando vários “unicorpses”

Para onde correm os unicórnios?

Startups

Para onde correm os unicórnios?

Aileen Lee, sócia da Cowboy Ventures, dez anos depois de seu artigo "Welcome to the unicorn club" escreve uma nova análise sobre o futuro dessas empresas