s
A artista plástica e criadora de VR Ang'l Artiste se apresenta no Horizon, metaverso da Meta
INOVAÇÃO

Lugar de mulher também é no metaverso

Número de profissionais envolvidas com os mundos virtuais cresce globalmente. Empresas como a Meta, a Sandbox e a agência de NFT World of Women apostam na formação tecnológica feminina

Por Rosane Serro 29/08/2022

O metaverso é, hoje, um conjunto de ambientes fluidos, mezzo flats, mezzo 3D, que, a depender da visão do interlocutor, pode já ser uma realidade ou apenas uma buzzword que só existirá daqui a 10 ou 15 anos. Porém, um fato é inegável: o número de mulheres envolvidas em sua construção é crescente, visível e tem a multiculturalidade como característica. Criadoras de realidade virtual, designers de ambientes imersivos, facilitadoras de interação social, artistas gráficas, profissionais de voice tech... A aurora do metaverso é, portanto, multidisciplinar, diversa e inclusiva. Algumas empresas já observaram a tendência e tentam garimpar oportunidades.

A Meta, em seu recente relatório de inclusão e diversidade de 2022, destacou que, desde 2019, a companhia dobrou o número de mulheres em sua força de trabalho global. E o metaverso Sandbox e a comunidade de NFT World of Women anunciaram, no último Dia Internacional da Mulher, uma parceria para construir a WoW Foundation, voltada para a capacitação profissional feminina nos segmentos de NFT e metaverso. A Sandbox doou, inclusive, US$ 25 milhões para cursos e programas de aceleração. Por fim, Cathy Hackl, ex-jornalista, estrategista da Web3, futurista e fundadora da Journey (antes conhecida como Futures Intelligence Group), foi a primeira profissional no mundo a ser nomeada "Chief Metaverse Officer" - um cargo que a equipara, em termos de poder de decisão, aos outros executivos do board.

Multidisciplinaridade

O movimento é tão intenso que a Women of Silicon Roundabout, entidade inglesa fundada em 2015 e que realiza o evento “Women in Technology World Series” resolveu destacar em sua próxima edição, em 22 e 23 de novembro, no ExCeL London, uma área de palestras dedicada à liderança digital e o conjunto de competências necessárias para “lidar com as paisagens tecnológicas que estão evoluindo, manter o ritmo e abraçar a mudança.” O evento já conta com 4.500 participantes, 100 exibidores e 250 palestrantes.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

A economia espacial vai crescer e gerar mais inovação na Terra

Inovação

A economia espacial vai crescer e gerar mais inovação na Terra

O ex-CTO da NASA e CEO da Space Tech Astra, Chris Kemp, acredita que é necessário criar uma economia espacial aberta, na qual colaborações inventivas a tornem livre e competitiva.

Por Linda Lacina | Fórum Econômico Mundial
“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Tendências

“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Movimento que defende trabalhar apenas o contratado começa no Tik Tok, invade as redes sociais e acende o sinal amarelo na área de RH: será tão perigoso quanto a "Grande Demissão?"

Um termômetro para as Eleições 2022

Inovação

Um termômetro para as Eleições 2022

Google Trends produz relatório e cria sala digital com insights em tempo real sobre os candidatos e as manifestações de interesse dos espectadores

Lugar de mulher também é no metaverso

Inovação

Lugar de mulher também é no metaverso

Número de profissionais envolvidas com os mundos virtuais cresce globalmente. Empresas como a Meta, a Sandbox e a agência de NFT World of Women apostam na formação tecnológica feminina

Não fique estagnado, inove!

Inovação

Não fique estagnado, inove!

O Capgemini Research Institute conceituou inovação a partir de múltiplas perspectivas – empresarial, religiosa, científica e política - para entender sua evolução e futuras aplicações no mundo digital.

ESG: Arezzo&Co usa blockchain para rastrear o couro

Inovação

ESG: Arezzo&Co usa blockchain para rastrear o couro

A meta do grupo é ter todos os fornecedores indiretos da cadeia do couro rastreados até 2024. O blockchain é a ferramenta para atingir esse objetivo.