s
A artista plástica e criadora de VR Ang'l Artiste se apresenta no Horizon, metaverso da Meta
INOVAÇÃO

Lugar de mulher também é no metaverso

Número de profissionais envolvidas com os mundos virtuais cresce globalmente. Empresas como a Meta, a Sandbox e a agência de NFT World of Women apostam na formação tecnológica feminina

Por Rosane Serro 29/08/2022

O metaverso é, hoje, um conjunto de ambientes fluidos, mezzo flats, mezzo 3D, que, a depender da visão do interlocutor, pode já ser uma realidade ou apenas uma buzzword que só existirá daqui a 10 ou 15 anos. Porém, um fato é inegável: o número de mulheres envolvidas em sua construção é crescente, visível e tem a multiculturalidade como característica. Criadoras de realidade virtual, designers de ambientes imersivos, facilitadoras de interação social, artistas gráficas, profissionais de voice tech... A aurora do metaverso é, portanto, multidisciplinar, diversa e inclusiva. Algumas empresas já observaram a tendência e tentam garimpar oportunidades.

A Meta, em seu recente relatório de inclusão e diversidade de 2022, destacou que, desde 2019, a companhia dobrou o número de mulheres em sua força de trabalho global. E o metaverso Sandbox e a comunidade de NFT World of Women anunciaram, no último Dia Internacional da Mulher, uma parceria para construir a WoW Foundation, voltada para a capacitação profissional feminina nos segmentos de NFT e metaverso. A Sandbox doou, inclusive, US$ 25 milhões para cursos e programas de aceleração. Por fim, Cathy Hackl, ex-jornalista, estrategista da Web3, futurista e fundadora da Journey (antes conhecida como Futures Intelligence Group), foi a primeira profissional no mundo a ser nomeada "Chief Metaverse Officer" - um cargo que a equipara, em termos de poder de decisão, aos outros executivos do board.

Multidisciplinaridade

O movimento é tão intenso que a Women of Silicon Roundabout, entidade inglesa fundada em 2015 e que realiza o evento “Women in Technology World Series” resolveu destacar em sua próxima edição, em 22 e 23 de novembro, no ExCeL London, uma área de palestras dedicada à liderança digital e o conjunto de competências necessárias para “lidar com as paisagens tecnológicas que estão evoluindo, manter o ritmo e abraçar a mudança.” O evento já conta com 4.500 participantes, 100 exibidores e 250 palestrantes.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Prioridades para os CDAOs

Carreira

Prioridades para os CDAOs

Chief Data and Analytics Officers precisarão se reinventar rapidamente como impulsionadores da inovação empresarial, e reformular totalmente suas estratégias de dados e análise.

O job crafting ganha protagonismo

Carreira

O job crafting ganha protagonismo

Sua prática oferece aos profissionais a oportunidade de remodelar suas funções e interações de acordo com suas habilidades, interesses, paixões e valores pessoais.

Desistir também é importante

Carreira

Desistir também é importante

Em um mundo que defende o trabalho árduo e a perseverança como chaves do sucesso, abandonar algo é difícil. Mas a desistência informada é parte importante do jogo, explica Annie Duke

Inovações e patentes sustentáveis

Inovação

Inovações e patentes sustentáveis

Quase uma em cada três invenções está relacionada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, aponta estudo da OMPI, às vésperas do Dia Mundial da Propriedade Intelectual.

Falta imaginação às empresas

Inovação

Falta imaginação às empresas

Pesquisa recente revela que as empresas perderam a capacidade de imaginar o seu futuro, refletindo falta de curiosidade e criatividade, essenciais para a inovação.

Três tipos de inovação

Inovação

Três tipos de inovação

Daniel Sabbah, um dos autores do livro "The Heart of Innovation", explica a diferença entre inovação e invenção e os tipos de inovação nos quais investir e o porquê.