s
Crédito: Pexels/Pixabay
SEGURANÇA

Falta confiança para o compartilhamento de dados

A gestão de dados é o maior obstáculo para executar projetos de IA, mas a tecnologia avança em áreas como blockchain, o que deve tornar o compartilhamento de dados uma aposta segura

Muito precisa ser feito para construir confiança no compartilhamento de dados, revela o estudo  “The global AI agenda: Promise, reality, and a future of data sharing”, realizado entre janeiro e fevereiro deste ano pelo MIT Technology Review Insights.

A gestão de dados tem se mostrado o maior obstáculo para a execução dos projetos de IA até aqui, mas o avanço da tecnologia em áreas como blockchain e aprendizado federado provavelmente tornarão o compartilhamento de dados uma aposta mais segura para as empresas. Tanto que dois terços (66%) das mil corporações pesquisadas estão dispostas a compartilhar dados internos externamente para ajudar a desenvolver novas cadeias de valor ativadas por IA.

uso de AI na empresa

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Já recebe a newsletter? Ative seu acesso

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

Compartilhar dados não significa entregá-los por nada, alerta a própria equipe responsável do estudo. Antes de participar de alianças de dados, de qualquer tipo, é preciso estabelecer um valor de troca dos dados. Dados de “negociação” baseados em valores acordados podem ajudar a desbloquear silos internos que impedem os modelos de avançar, em especial na área de saúde.

Ainda segundo o estudo, a maioria dos entrevistados (60%) espera que a IA seja usada entre 11% e 30% de seus processos de negócios em três anos, exercendo uma influência importante, embora não dominante, em suas operações. Os principais casos de uso de IA atualmente estão nas áreas de controle de qualidade, atendimento ao cliente e segurança cibernética.

AI cresce na empresa

Seis das 10 indústrias farmacêuticas ouvidas estão usando IA para melhorar a qualidade de seus produtos. E quase metade das empresas de bens de consumo e varejo (47%) para melhorar o atendimento ao cliente. Mais da metade (51%) das empresas de energia estão aproveitando a IA para monitoramento e diagnóstico, 58% dos serviços financeiros para detecção de fraude e 52% das empresas de tecnologia para fortalecer a cibersegurança.

Mais da metade dos entrevistados (59%) dizem que o retorno sobre investimento (ROI) de projetos de IA está dentro do esperado. E 37%, em sua maioria já usando a IA há mais de 3 anos, afirmam que o ROI superou as expectativas.

AI na empresa

 

Cuidado! Sua empresa pode precisar de um detox de dados

Big Data

Cuidado! Sua empresa pode precisar de um detox de dados

Dados em excesso resultam em muito ruído, comprometendo o desempenho, a lucratividade e a segurança das empresas, levando a riscos regulatórios e de conformidade

Cresce a

Segurança

Cresce a "tecnologia hostil" em 2023

A natureza das ameaças cibernéticas está mudando e os métodos tradicionais para prevenir ataques estão falhando rotineiramente. As empresas vão precisar ampliar seu escopo de segurança para proteger os consumidores e minimizar o pote...

A cibersegurança chegou ao board, mas falta trazer o CISO

Segurança

A cibersegurança chegou ao board, mas falta trazer o CISO

Pesquisa com 600 membros de conselhos administrativos de empresas globais mostra que o Brasil é o país que menos conecta responsáveis pela segurança digital com a gestão.

O arrastão FTX coloca em xeque o mercado de criptoativos

Blockchain

O arrastão FTX coloca em xeque o mercado de criptoativos

Um CEO irresponsável, falcatruas a rodo, um conjunto de práticas de má governança e está pronta a bomba que pode arrasar mercados num efeito-dominó

2023, o ano do DeFi 3.0?

Tendências

2023, o ano do DeFi 3.0?

Projetos FaaS (Farming as a Service) pedem passagem no universo das finanças descentralizadas

Só faltou mesmo combinar com os chineses

Economia

Só faltou mesmo combinar com os chineses

O presidente dos EUA, Joe Biden, restringiu ainda mais as regras de exportação de semicondutores dos EUA para a China. A medida pode respingar em Taiwan