s
Crédito Canva
LIDERANÇA

Ecossistemas de força de trabalho ganham força

A noção de orquestração fornece uma analogia valiosa para líderes que trabalham em conjunto para coordenar colaboradores externos, presentes em número crescente nas organizações

A força de trabalho da Novartis inclui 110.000 funcionários e 50.000 contratados e trabalhadores temporários. A Cisco tem 83.000 funcionários em tempo integral e mais de 50.000 trabalhadores temporários de vários tipos. Ambas as empresas dependem substancialmente de um ecossistema de força de trabalho que inclui muitos tipos de colaboradores externos, incluindo dezenas de milhares de contratados individuais, para alcançar seus resultados de negócios. E não estão sozinhas.

A maioria das empresas, de todos os tamanhos, depende de colaboradores externos para construir e expandir seus negócios. Esses colaboradores podem incluir contratados de longo e curto prazo, empresas de serviços profissionais, trabalhadores temporários, colaboradores de crowdsourcing, desenvolvedores de aplicativos que complementam o produto ou serviço de uma empresa e até mesmo certas tecnologias.

À medida que aprofundam sua dependência de trabalhadores externos, muitos executivos lutam para determinar até que ponto devem integrar a gestão de funcionários e colaboradores externos e os sistemas e processos que usam ao contratar trabalhadores com diferentes contratos de trabalho. Novas pesquisas sugerem que adotar uma abordagem holística para gerenciar estrategicamente todos os colaboradores como um ecossistema da força de trabalho pode permitir o sucesso da empresa. "No ecossistema, diferentes atores trabalham em prol a objetivos individuais e coletivos com interdependências e complementaridades entre os participantes", explicam analistas da MIT Sloan Management Review e da Deloitte.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Inclusão pode ser a resposta para a crise do burnout

Liderança

Inclusão pode ser a resposta para a crise do burnout

As empresas precisam trabalhar a inclusão muito além do onboarding, criando um espaço em que as pessoas se sentem seguras para se expressar

Invista na confiança multigeracional

Liderança

Invista na confiança multigeracional

Pesquisas apontam que existe uma dificuldade de comunicação entre os colaboradores da Geração Z com os colegas mais velhos.

Continua difícil atrair talentos

Liderança

Continua difícil atrair talentos

Pesquisas recentes revelam um conflito de interesses entre o que as empresas desejam e o que as pessoas que buscam no trabalho que desejam.

Quando agilidade é ilusão

Liderança

Quando agilidade é ilusão

Embora a maioria das empresas afirme ter feito mudanças ágeis, poucas alcançaram impacto nos negócios, indicando uma discrepância significativa entre a agilidade percebida e a real.

Como o poder se relaciona com a estratégia

Liderança

Como o poder se relaciona com a estratégia

Quando se trata de posicionamento estratégico, a maioria das empresas erra na identificação dos impulsionadores de sua vantagem competitiva, diz Hamilton Helmer

Perguntas são a resposta

Liderança

Perguntas são a resposta

A habilidade de fazer as perguntas mais adequadas, gerarão as melhores respostas e soluções. Importante para as lideranças no mercado, mas pouco explorado por eles.