s
Para que o cérebro possa compreender e oferecer soluções diferentes, é preciso estar em contato constante com novas e diferentes ideias Crédito: Pixabay
LIDERANÇA

Como liderar em tempos de mudanças constantes?

O mindset é essencial para que os times possam ver as mudanças como algo positivo. Elise Mitchell indica estratégias para criar um ambiente favorável a esses desafios

A mudança é a única constante e as empresas devem estar preparadas para acompanhar as novas demandas dos clientes. Diante de uma transformação há dois caminhos: resistência ou resiliência. O grande desafio dos líderes é justamente mostrar como a mudança pode trazer resultados positivos, como mais inovação e um melhor posicionamento em meio à concorrência. A boa notícia é que a liderança tem o poder de criar o mindset certo para seus times enfrentarem tempos complexos, voláteis e incertos, como os de hoje. É isso que garante Elise Mitchell, Founder e Principal da Velocity Collective, que durante palestra no RD Hostel 2021 apontou caminhos para os líderes enfrentarem esse desafio.

A jornada de mudança é complexa, a começar pela forma como os líderes avaliam os colaboradores. De acordo com Elise, muitas vezes são analisadas questões superficiais, como os resultados e o comportamento dos liderados. Entretanto, é preciso olhar mais profundamente para os funcionários para entender outros pontos, como as emoções, os valores, as crenças e o mindset. É essa análise aprofundada que aumenta as chances dos times de superarem qualquer resistência à mudança.

A neurociência explica como é importante ter uma abordagem mais completa ao liderar em momento de mudança. Duas partes do cérebro são fundamentais para entender esse processo: o córtex pré-frontal (PFC) e o sistema límbico. O primeiro está ligado aos pensamentos complexos, a tomada de decisões estratégica e a inibição. A segunda controla as emoções e o impulso de lutar, fugir ou ficar paralisado em uma situação de ameaça.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Neurociência organizacional: entender o cérebro é diferencial nos negócios

Entrevista

Neurociência organizacional: entender o cérebro é diferencial nos n...

Durante a pandemia, desafios para a gestão da mudança de comportamento no trabalho são ainda maiores

Por João Ortega
Por que uma liderança vulnerável é essencial para inovação

Liderança

Por que uma liderança vulnerável é essencial para inovação

Embora o conceito da liderança vulnerável ou liderança humanizada já esteja valendo há pelo menos uma década, na prática ainda ouvimos falar de muitos líderes que estão bem longe de exercitar e desenvolver essa postura

Por Soraia Yoshida
Como as lideranças podem promover a cultura digital

Transformação Digital

Como as lideranças podem promover a cultura digital

Você pode transformar seus produtos sem primeiro transformar seus serviços? Mas você pode fazer qualquer um desses sem primeiro transformar seus sistemas?

Por Soraia Yoshida
Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

Liderança

Como identificar e trazer lifelong learners para sua empresa

A mentalidade de aprendizado contínuo é a chave para adaptar, mudar, inovar, crescer

Por Soraia Yoshida
Como pensar como um futurista?

O Shift da Questão

Como pensar como um futurista?

Como imaginar o futuro quando ainda estamos vivendo o presente? Os futuristas estão sempre buscando padrões que permitam antever cenários futuros. Nas empresas, isso implica projetar o impacto das mudanças nos negócios. Dá para aprend...

Por Cristina De Luca, João Ortega, Silvia Bassi e Soraia Yoshida
Como superar os desafios para uma mudança cultural digital

Liderança

Como superar os desafios para uma mudança cultural digital

As empresas precisam de culturas que incentivem a flexibilidade, adaptabilidade e velocidade. Mas como garantir que as mudanças vão ficar?

Por Soraia Yoshida