s
Crédito: Jan Kopriva/Unsplash

SUSTENTABILIDADE

Um modelo disruptivo para trazer energia livre

A plataforma da Omega traz para o mercado de energia um modelo disruptivo semelhante ao que a cloud computing trouxe para os dados, com a contratação de infraestrutura as-a-service

Por Redação The Shift 14/09/2020

Quase um terço (30%) da energia elétrica consumida no Brasil por empresas é comercializada no mercado livre de energia, ou Ambiente Livre de Contratação (ACL), regulamentado há 22 anos pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). O modelo oferece vantagens, a começar por uma tarifa de energia que pode ser até 30% menor que a tarifa do ambiente de contratação regulada (ACR), e a possiblidade de uso de fontes de energia limpa renovável, como fotovoltaica e eólica, que reduzem a pegada de carbono das empresas.

Mas chegar até esse mercado não é fácil. Seis meses. É o tempo médio que uma empresa leva, passando por consultorias, entrega de documentação, análise de crédito, fiança (que pode chegar a 3% do valor do contrato) e assinatura de papeis, muitos papeis, num processo intensivamente analógico, digamos assim. E quando está nele, o risco da variação de custos é o problema: se ultrapassar o consumo fechado no contrato por um determinado preço, vai ter que pagar o excedente pelo preço do mercado de curto prazo, altamente volátil e potencialmente mais oneroso.

A complexidade do acesso é uma pedra no sapato das empresas pequenas e médias que consomem entre 0,5 MW e 3 MW por ano e que representam um mercado anual de R$ 11 bilhões. É nelas que a Omega Energia está mirando com o lançamento da primeira plataforma digital de compra e gestão de energia no mercado livre que se apoia em um algoritmo para acelerar a contratação e a análise de risco, e oferecer uma tarifa batizada de Smart Flex que se mantém pelo contrato todo, eliminando o risco associado à variação de preço e volume de consumo.

Receba nossa newsletter

A plataforma da Omega traz para o mercado de energia um modelo disruptivo semelhante ao que a cloud computing trouxe para os dados, com a contratação de infraestrutura as-a-service. Usando o algoritmo para minimizar o risco da flutuação de preço, explica Antonio de Bastos Filho, fundador da Omega Energia. A empresa acredita que vai dobrar seu lucro bruto em dois anos, passando de R$ 40 milhões para mais de R$ 100 milhões. Que pode crescer muito com a abertura do mercado livre de energia para consumo residencial, uma promessa do governo para até 2024. Aí estamos falando de um mercado de mais de R$ 100 bilhões ao ano.

2021 será um ano de muitas e variadas nuvens no horizonte

Tendências

2021 será um ano de muitas e variadas nuvens no horizonte

Híbridas e distribuídas, elas exigirão cada vez mais especialização para encontrar o caminho mais adequado e de menor custo

Por Redação The Shift
Tendências tecnológicas estratégicas para 2021, segundo o Gartner

Tendências

Tendências tecnológicas estratégicas para 2021, segundo o Gartner

AI Engineering, Total Experience(TX), Internet of behaviors, Cybersecurity Mesh, nuvem distribuída e hiperautomação estão entre elas

Por Redação The Shift
Em 2021 as empresas cultivarão a obsessão pelo cliente e a adaptabilidade

Customer Experience

Em 2021 as empresas cultivarão a obsessão pelo cliente e a adaptabil...

Será o ano em que operações, produtos e ecossistemas digitais atingirão a maioridade, de acordo com um novo relatório da Forrester

Por Redação The Shift
Toda a força para as fazendas urbanas verticais

Tendências

Toda a força para as fazendas urbanas verticais

Depois de Cingapura lançar a tendência, elas as fazendas verticais indoor começaram a ganhar o mundo e a encontrar novas formas de cultivo, menos dependentes da água

Por Redação The Shift
Tecnologia contra a fome e o desperdício

Sustentabilidade

Tecnologia contra a fome e o desperdício

Os brasileiros desperdiçam anualmente 23,6 milhões de toneladas de alimentos

Por Redação The Shift
É possível ter lucro fazendo o bem para a sociedade

Tendências

É possível ter lucro fazendo o bem para a sociedade

Quando as pessoas focam em iniciativas para tornar o mundo um lugar melhor, existe uma expectativa, falaciosa, de que a monetização não deve estar no topo da lista de prioridades

Por Redação The Shift