s
Gráficos TBD editados pela The Shift
ECONOMIA

Vamos explicar a Web5?

Jack Dorsey resolveu tumultuar a já tumultuada Web3 e anunciou os planos da sua empresa Block Inc. de montar a próxima-próxima Web. Explicamos, sem tomar muito do seu tempo.

Por Silvia Bassi 19/06/2022

Mas não era Web3? Sim, a Web3 continua a pleno vapor, mas Jack Dorsey, ex-CEO do Twitter e fundador e CEO da Block Inc. (antiga Square), resolveu entrar na discussão lançando um documento que detalha uma nova Web, a ser construída pela TBD, subsidiária da Block focada em bitcoin, que batizou de Web5.

No documento, a Web5 é descrita como uma "extra decentralized web" (web extra descentralizada), feita para colocar os usuários no controle total de sua identidade digital e de seus dados, 100% focada em uma única blockchain - do bitcoin - e sem tokenização. A propósito, é Web5 porque é "a soma da Web2 com a Web3".

O anúncio poderia ser mais um episódio daturra histórica entre Dorsey e Marc Andreessen em torno da Web3, da blockchain e das empresas de venture capital, acusadas por Dorsey de querer controlar o que em tese seria descentralizado. Mas parece ser um exercício sério para devolver aos usuários a posse integral da identidade digital+dados pessoais usando componentes que rodam em uma Plataforma Web Descentralizada (DWP). A DWP se monta sobre vários pilares e atores:

  • Identificadores Descentralizados (DIDs): descritos na W3C Internacional como identificadores criados, possuídos e controlados por indivíduos, que permitem “identidade digital verificável e descentralizada”.
  • Nós de Web Descentralizados (DWNS): armazenadores personalizados que guardam dados públicos e dados criptografados.
  • Apps de Web Descentralizadas (DWAS): apps de Web turbinadas com identidade descentralizada e recursos para armazenar dados.
  • Wallets: que funcionam como agentes para indivíduos ou instituições facilitando as interações de identidade e de dados guardadas nos DIDs.
  • Vários serviços "in-a-box" que facilitam geração de credenciais de identidade soberana e controle do seu ciclo de vida (concessão ou revogação de permissões, emissão e verificação).
  • Tudo isso transitando pela ION, uma “rede DID aberta, pública e sem permissão que roda sobre a blockchain do bitcoin”.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Vamos explicar a Web5?

Economia

Vamos explicar a Web5?

Jack Dorsey resolveu tumultuar a já tumultuada Web3 e anunciou os planos da sua empresa Block Inc. de montar a próxima-próxima Web. Explicamos, sem tomar muito do seu tempo.

Tecnologia em prol da logística reversa

Inovação

Tecnologia em prol da logística reversa

A cleantech Polen utiliza o blockchain para dar transparência às iniciativas de logística reversa

Novas demissões são um sinal negativo para o mercado

Economia

Novas demissões são um sinal negativo para o mercado

Em cinco meses de 2022, o número de demissões já se iguala ao total de 2021. Sinais de falta de liquidez atingem principalmente as scale-ups

É realmente possível possuir algo no metaverso?

Inovação

É realmente possível possuir algo no metaverso?

Um professor de direito alerta que possuir um NFT de um item digital pode não ser suficiente para garantir a posse desse bem.

Por João Marinotti, The Conversation
Como aumentar a segurança do metaverso?

Inovação

Como aumentar a segurança do metaverso?

O início do metaverso é o melhor momento para criar bases sólidas para garantir a segurança cibernética nessa nova etapa da internet

Por Charlie Bell, Fórum Econômico Mundial
Projetos de Finança regenerativa são para já

Tendências

Projetos de Finança regenerativa são para já

Totalmente investido em sua missão de criar valor de longo prazo, para todos, inclusive no Brasil, o modelo de Regenerative Finance atende o momento pós pandêmico, unindo criptoativos e DeFi