s
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Um ano de GPT-4

O GPT-4 completa um ano de atividade. As expectativas desceram para a terra, enquanto problemas persistem. Mas ele continua reinando como o principal modelo. O que esperar para o segundo ano?

Por Silvia Bassi 18/03/2024

O GPT-4 está completando um ano. E foi um ano e tanto. Muitos tentaram superá-lo (o Claude 3 parece ter conseguido), mas colocar LLMs em produção é difícil; a maioria do trabalho até agora foi preliminar. As empresas estão começando a moderar suas expectativas. Muitas expectativas iniciais eram irrealistas. Problemas centrais persistiram, particularmente alucinações, instabilidade e erros ocasionais sem sentido.

Os temores sobre transformações profundas no mercado de trabalho persistem. Um estudo recente da Oxford Economics/Cognizant sugeriu que 90% dos empregos nos EUA serão afetados pela IA até 2032.

A rentabilidade continua em questão. LLMs custam muito dinheiro, e obter resultados de destaque pode custar muito dinheiro; licenciamento e custos legais podem ser substanciais. Mas o GPT-4 segue amadurecendo. Dizem até que o GPT-4.5 está prestes a ser lançado.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

E a IA dominou a pista

Inteligência Artificial

E a IA dominou a pista

O relatório anual Enterprise Tech 30, que publica a lista das startups de tecnologia corporativa mais promissoras, na visão dos grandes VCs do Silicon Valley, mostra que as startups de IA estão ocupando espaços do SaaS.

Bolha de IA Generativa? Talvez não...

Inteligência Artificial

Bolha de IA Generativa? Talvez não...

"Momento desânimo" na comunidade de IA. A constatação de que os bilhões de dólares investidos até agora não vão retornar tão rápido, faz nascer a ideia de uma bolha de IA Generativa.

Olá, head de GenAI!

Inteligência Artificial

Olá, head de GenAI!

Pensando na carreira? Tem cargo novo no mercado: Chefe Global de IA Generativa.

Da automação à autonomia

Inteligência Artificial

Da automação à autonomia

2024 será o ano dos Agentes de IA, que provarão ser mais do que apenas assistentes digitais. Serão catalisadores de transformações em todos os setores e na vida quotidiana.

Como fica a propriedade intelectual em tempos de IA Generativa?

Inteligência Artificial

Como fica a propriedade intelectual em tempos de IA Generativa?

E por que ela deve caminhar lado a lado com a proteção de dados pessoais?

Por Yasodara Cordova *
Tendências de IA a partir de 2024

Inteligência Artificial

Tendências de IA a partir de 2024

A corrida para 2028 já está acelerada. Empresas investem em tecnologias inovadoras, em fase inicial, para ganhar quando estiverem maduras. Aqui estão 29 tendências de IA que agitarão o circuito.