s
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Um ano de GPT-4

O GPT-4 completa um ano de atividade. As expectativas desceram para a terra, enquanto problemas persistem. Mas ele continua reinando como o principal modelo. O que esperar para o segundo ano?

Por Silvia Bassi 18/03/2024

O GPT-4 está completando um ano. E foi um ano e tanto. Muitos tentaram superá-lo (o Claude 3 parece ter conseguido), mas colocar LLMs em produção é difícil; a maioria do trabalho até agora foi preliminar. As empresas estão começando a moderar suas expectativas. Muitas expectativas iniciais eram irrealistas. Problemas centrais persistiram, particularmente alucinações, instabilidade e erros ocasionais sem sentido.

Os temores sobre transformações profundas no mercado de trabalho persistem. Um estudo recente da Oxford Economics/Cognizant sugeriu que 90% dos empregos nos EUA serão afetados pela IA até 2032.

A rentabilidade continua em questão. LLMs custam muito dinheiro, e obter resultados de destaque pode custar muito dinheiro; licenciamento e custos legais podem ser substanciais. Mas o GPT-4 segue amadurecendo. Dizem até que o GPT-4.5 está prestes a ser lançado.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

Inteligência Artificial

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

A Co-Inteligência gira em torno da colaboração entre a Inteligência Artificial e humanos, aproveitando os pontos fortes de cada um. Entenda

Inteligência Artificial: Foque no desempenho humano

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial: Foque no desempenho humano

Uma nova pesquisa mostra que é preciso valorizar as habilidades exclusivas dos seres humanos para progredir no uso das tecnologias.

Inteligência Artificial: 10 tendências quentes para 2030

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial: 10 tendências quentes para 2030

A nova pesquisa produzida pelo Ericsson ConsumerLab convidou 6.500 usuários pioneiros de IA para avaliar e identificar quais serão as principais tendências para a próxima década.

IA Responsável? Só no papel...

Inteligência Artificial

IA Responsável? Só no papel...

Recente pesquisa mostrou que as empresas de tecnologia não estão tomando as medidas apropriadas em relação ao uso de IA Responsável

IA e gestão da inovação se encontram

Inteligência Artificial

IA e gestão da inovação se encontram

A inovação na IA não é apenas a adoção de novas tecnologias. Ela precisa estar integrada à estrutura da criatividade e do crescimento organizacional.

Dados: o alto custo do GPT-4o

Inteligência Artificial

Dados: o alto custo do GPT-4o

Considerando que o ChatGPT está cada vez mais integrado em tecnologias como a da Apple é preciso entender o que estamos "trocando" no momento que usamos a aplicação gratuitamente.