s
Crédito: Don Karampelas/Unplash
STREAMING

Três segredos por trás do sucesso da Netflix

No livro "A Regra é não ter Regras", o CEO da Netflix, Reed Hastings, elenca os valores-chave que fazem parte de uma cultura de trabalho da empresa

Esqueça os dados e os algoritmos de recomendação por um momento. Eles não teriam tanto sucesso apartados de um cultura de trabalho focada em três elementos-chave: inspiração, criatividade e franqueza, segundo o co-fundador e CEO da Netflix, Reed Hastings, descreve nessa conversa com o head do TED, Chris Anderson, 4 dias antes do lançamento do livro “No Rules Rules”, que chega ao Brasil com o título “A Regra é Não Ter Regras“.

Antes da Netflix, Reed Hastings dirigiu a Pure Software. E está convencido de que a burocracia que colocou em prática na Pure levou à eventual irrelevância da empresa e à venda para um rival. “A chave é abraçar o gerenciamento à beira do caos e manter um equilíbrio entre liberdade e responsabilidade”, diz Hastings. “Essa é a mensagem do livro”. Base da maneira como a Netflix incentiva a equipe a assumir grandes riscos, normalmente sem a necessidade da aprovação de uma cadeia de chefes, e a se comunicar com franqueza.

O que o mantém acordado à noite? As “ameaças laterais“. Hastings está surpreso com o quão bem a Disney+ está se saindo. Talvez esteja aí uma das razões para a Netflix ter aumentado a disponibilidade de filmes gratuitos nos últimos meses.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Já recebe a newsletter? Ative seu acesso

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

Quer inovar? Olhe para dentro

Inovação

Quer inovar? Olhe para dentro

Ao apostar no empreendedorismo interno, as empresas aproveitam o talento dos colaboradores e aumentam as chances de inovar de forma acelerada.

2023: um ano de ventos e trovoadas

Tendências

2023: um ano de ventos e trovoadas

Lá fora recessão. No Brasil, transformação. O ano de 2023 promete mares bravios para os CEOS - capitães fortalecidos pela tempestade-pandemia e seus rescaldos no ambiente corporativo. A THE SHIFT mapeou as tendências que podem afetar...

As lideranças estão precisando de terapia

Liderança

As lideranças estão precisando de terapia

Depois das contínuas avalanches pandêmicas e corporativas, os líderes estão inseguros e não estão mais sabendo como inspirar e reforçar suas equipes. Trata-se de um movimento natural e que tem remédio no curto prazo. Aliás, acredit...

Por Cristina De Luca
Trabalho híbrido: estamos

Tendências

Trabalho híbrido: estamos "fervendo o sapo"?

A nova versão do estudo da Microsoft, Work Trend index Special Report, mostra que empresas e gestores não estão sabendo como lidar com as mudanças ocorridas no ambiente de trabalho ou estão "cozinhando o sapo" do trabalho híbrido para...

CEOs: preparados para a turbulência?

Tendências

CEOs: preparados para a turbulência?

Se uma pandemia global inesperada - que trancou a população dos planeta em suas casas - lhe tirou o sono, mas não a resiliência, nada mais tira. Muito menos a recessão e as incertezas previstas para o cenário mundial, no próximo tri...

Chega de embromação:

Entrevista

Chega de embromação: "temos que colocar dinheiro nas mãos das mulhe...

Para a CEO da socialtech B2Mamy, Dani Junco, só o dinheiro liberta. Por isso, as startups e as iniciativas de apoio ao empreendedorismo feminino devem receber mais cheques.