s
Crédito: (Unsplash/Pickawood)
TENDÊNCIAS

Tendência do consumo híbrido exige estratégia omnichannel

Pesquisa do PayPal aponta que as compras online vão continuar relevantes após a pandemia, por isso, as marcas precisam adotar uma estratégia multicanal

O e-commerce ganhou destaque com a pandemia e deve manter a relevância mesmo com a normalização das atividades presenciais. A pesquisa “Consumo Online no Brasil”, realizada pela Edelman sob encomenda do PayPal, aponta que 1 em cada 4 brasileiros pretende continuar comprando online diariamente após a pandemia. A expectativa é que o consumidor mantenha um perfil híbrido, realizando compras em canais diferentes a depender da experiência e da conveniência. Entender o cliente a fundo para saber atendê-lo em qualquer canal é essencial.

“As compras online trazem os benefícios de tempo e facilidade. O offline vai trazer uma experiência complementar, como a possibilidade de sair para jantar com os amigos. Acredito que o comportamento será híbrido. Por exemplo, as pessoas não vão deixar de pedir a comida em casa porque também curtem isso. O que pode ocorrer é pedir comida em casa com uma frequência um pouco menor para ir ao restaurante algumas vezes”, explica Tais Pinheiro, diretora de planejamento e criação da Edelman.

O Head Geral de Negócios do PayPal Brasil, Felipe Facchini, complementa que as compras online estão se tornando onipresentes na vida dos consumidores, o que também indica a construção de uma sociedade híbrida. Nesse contexto, os investimentos em estratégias Phygital e omnichannel são primordiais – o consumidor deve ser visto como um só, independentemente do canal de compra escolhido.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Com Chatbots de IA as buscas na internet nunca mais serão as mesmas

Tendências

Com Chatbots de IA as buscas na internet nunca mais serão as mesmas

Google, Microsoft e algumas startups pretendem responder às nossas dúvidas sem links, usando textos bem elaborados por grandes modelos de linguagem, transformando o mercado

CEOs: metaverso vale o risco?

Tendências

CEOs: metaverso vale o risco?

O tamanho do mercado, a combinação de tecnologias que compõe o metaverso e seu impacto na vida corporativa fazem do tema um "negócio de CEO". Por isso, a entrada neste ambiente deve ser cuidadosamente planejada, recomenda a McKinsey. S...

2022 custou muito caro às DeFi

Blockchain

2022 custou muito caro às DeFi

A criptoeconomia passou por poucas e boas em 2022, com o desfalque do "Inverno cripto" e o recordes cada vez maiores de ataques hackers. Ainda identificaram um Calcanhar de Aquiles: a vulnerabilidade dos protocolos de transporte entre block...

Mercado de apps é o novo alvo antistruste

Economia

Mercado de apps é o novo alvo antistruste

O governo norte-americano abriu fogo contra Google e Apple ontem, através da divulgação de uma crítica do Departamento de Comércio à falta de concorrência no mercado de aplicativos móveis. Na visão dos técnicos, o modelo praticado...

Quer inovar? Olhe para dentro

Inovação

Quer inovar? Olhe para dentro

Ao apostar no empreendedorismo interno, as empresas aproveitam o talento dos colaboradores e aumentam as chances de inovar de forma acelerada.

Um planeta sob nova direção

Tendências

Um planeta sob nova direção

Homem e natureza são parte do mesmo sistema interconectado. Se um destrói o outro, sucumbirá em seguida. Com esta certeza, universidades, ONGs e empresas privadas estão se unindo para criar centros de conhecimento de Desenvolvimento Reg...