s
A arquiteta hospitalar Iseli Reis, CEO da Fleximedical, tem se dedicado hoje a unir o empreendedorismo social às práticas ESG das grandes empresas Crédito: Divulgação
ENTREVISTA

Saúde sim, perto de quem precisa

A startup social Fleximedical, criadora das carretas da Saúde, se prepara para atender mais brasileiros apostando no ESG e em uma primeira rodada de investimento, conta a CEO, Iseli Reis

Iseli Reis é daquelas mulheres que não se deixa abater pelas dificuldades. E que encontrou no empreendedorismo social um caminho para continuar o legado de transformação da Saúde deixado pelo primo, o médico Roberto Kikawa, fundador da FlexiMedical, hoje uma healthtech que busca democratizar o acesso ao atendimento médico por meio de unidades moveis e portáveis, espalhadas por todo o país. Mais de 80, por onde já passaram 3 milhões de brasileiros.

"Quem é a Iseli? Antes de tudo a mãe de uma menina linda, diagnosticada com epilepsia, que conhece a dor de pais em busca de atendimento médico. E que, a certa altura, teve a oportunidade de empreender e ajudar a resolver um pouquinho essa dor, equilibrando pratinhos, né? ", diz ela.

Arquiteta, apaixonada pelo lado operacional do negócio que ajudou a tirar do papel, em 2005,  foi forçada a ser mais estratégica após a morte prematura do primo, em 2018. Depois de ter estudado empreendedorismo social e negócios de impacto por influência dele, teve que estudar gestão ao assumir a direção da empresa, que transformou em um negócio de impacto, com certificação B-Corp.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Empresas sociais podem mudar setores inteiros

Tendências

Empresas sociais podem mudar setores inteiros

Uma empresa social geralmente se concentra em uma causa social chave, como pobreza internacional, emprego para grupos desfavorecidos ou mudança climática

Por Redação The Shift
B-Corps: o que são Empresas B e por que estão em alta

Tendências

B-Corps: o que são Empresas B e por que estão em alta

Espalhadas por 70 países, essas empresas atuam em diferentes segmentos, mas juntas sinalizam uma mudança global nas prioridades de negócios

Por Soraia Yoshida
A sustentabilidade chegou para ficar!

Tendências

A sustentabilidade chegou para ficar!

A missão de Ed Morata, da ForFuturing, é ajudar as empresas a enxergar quão profundamente seus negócios estão entrelaçados com questões ambientais, sociais e de governança (ESG)

Por Cristina De Luca
A vez das healthtechs

Entrevista

A vez das healthtechs

A saúde móvel ganhou maior visibilidade com a crise do Covid-19 e será dominante em alguns anos, aposta Michel Glezer, diretor da Qualcomm Ventures

Por Cristina De Luca
Como o propósito da empresa ajuda a entregar valor

Gestão

Como o propósito da empresa ajuda a entregar valor

O propósito deve ser sistêmico e racional, mas também emocional; deve ressoar com os membros da organização e informar sua tomada de decisão

Por Redação The Shift
Foco total em investimentos e negócios de impacto

Entrevista

Foco total em investimentos e negócios de impacto

Danilo Nascimento integra um grupo de ex-alunos da Fundação Dom Cabral apaixonados por empreendedorismo que decidiu criar uma rede anjo dedicada a startups de impacto positivo e ESG