s
Michel Glezer Diretor da Qualcomm Ventures

ENTREVISTA

A vez das healthtechs

A saúde móvel ganhou maior visibilidade com a crise do Covid-19 e será dominante em alguns anos, aposta Michel Glezer, diretor da Qualcomm Ventures

Por Cristina De Luca 15/05/2020

Se há alguém hoje prestando enorme atenção aos mercados de healthtech e Internet das Coisas esse alguém é Michel Glezer, um dos diretores da Qualcomm Ventures no país. Por ora, a América Latina não tem nenhum unicórnio nesses segmentos, mas isso é uma questão de tempo.

Executivo com muita experiência no segmento de mobilidade e internet - foi diretor da Rocket Internet, da  Easy Taxi e da Eventbrite  -  Michel concentra-se, nos últimos sete meses, em ajudar a conectar os empreendedores aos recursos, relacionamentos e profundo conhecimento do setor de que precisam para ter sucesso. Tarefas para as quais o conhecimento na área de assessoria para fusões e aquisições e do trabalho com fundos de investimentos lá no início da vida profissional o habilitam.

Por ter acompanhado de perto o lançamento de muitas startups nos últimos anos - e ter fundado e trabalhado em algumas delas - acredita que há pré-requisitos indispensáveis ao sucesso. Entre eles, que o propósito da empresa resolva um problema de mercado, com foco na experiência do cliente. Também presta muita atenção nos fundadores. Precisam estar realmente engajados com a missão da empresa e compreender os altos e baixos da vida empreendedora.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Experimente grátis por 30 dias

O fundador é a principal peça de tudo

Entrevista

O fundador é a principal peça de tudo

Alan Leite, CEO & Partner da aceleradora Startup.Farm, é um idealista pragmático. Acredita que o founder é a peça fundamental de qualquer empreendimento e sabe quanto é difícil colocar uma ideia nova para funcionar

Por Silvia Bassi
5 motivos para fazer inovação aberta

Inovação

5 motivos para fazer inovação aberta

No Brasil, 83% das empresas acreditam precisar de inovação para se destacar no período pós-pandemia, porém apenas duas em cada dez já apresentam estratégias de associação com o ecossistema de startups

Por Redação The Shift
Quem deve salvar as startups da pandemia?

Startups

Quem deve salvar as startups da pandemia?

A crise colocou as empresas em uma posição precária, que afeta ainda mais as startups, mas há investidores como o britânico Robin Klein que são contra qualquer ajuda aos empreendedores

Por Redação The Shift