s
TENDÊNCIAS

“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Movimento que defende trabalhar apenas o contratado começa no Tik Tok, invade as redes sociais e acende o sinal amarelo na área de RH: será tão perigoso quanto a "Grande Demissão?"

Por Rosane Serro 05/09/2022

Nas últimas duas semanas, um tema viralizou em centenas de vídeos do Tik Tok, invadiu as outras redes sociais, espalhou-se pelos talk shows e pela TV aberta, pautou as colunas de especialistas e chegou como um rastilho de pólvora nas consultorias e nos departamentos de RH das empresas: o quiet quitting ou a “desistência silenciosa”. Depois da “Great Resignation” – quando, em 2021, mais de 47 milhões de americanos pediram demissão, segundo o U.S. Bureau of Labor Statistics -, esta parece ser mais uma rachadura nos paradigmas adotados pelo atual sistema capitalista no que se refere à administração dos recursos humanos necessários à sua produção.

O quiet quitting é um movimento majoritariamente jovem, multiplicado pela chamada Geração Z (dos nascidos entre 1995 a 2010), que professa não desistir do trabalho, mas da ideia de que se deve fazer mais e ir além em seu nome. Você continua a cumprir suas tarefas, porém não mais compartilha da visão de que deve dar seu sangue, suor e suas lágrimas para manter o emprego. “O trabalho não é a sua vida. O seu valor como pessoa não é definido pela sua produtividade”, afirma o músico Zaid Khan, cujo vídeo sobre o tema acumulou 487,7 mil visualizações das 354 milhões apuradas pelo Tik Tok até 2 de setembro.

Choque de gerações

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Reskilling: é possível criar um programa de requalificação que funciona?

Tendências

Reskilling: é possível criar um programa de requalificação que fun...

A requalificação deve se tornar uma tendência dominante entre as organizações, mas como garantir programas com melhores resultados para a empresa e para os colaboradores?

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

Inteligência Artificial

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

A Co-Inteligência gira em torno da colaboração entre a Inteligência Artificial e humanos, aproveitando os pontos fortes de cada um. Entenda

Foco no trabalho: 30 minutos é o limite sem se distrair

Carreira

Foco no trabalho: 30 minutos é o limite sem se distrair

Será que a capacidade de manter a atenção no trabalho está morrendo? Pesquisas indicam que maioria só consegue manter o foco por meia hora, antes de se distrair

The Shift Especial Febraban 2024: Oito visões sobre o próximo nível

Tendências

The Shift Especial Febraban 2024: Oito visões sobre o próximo nível

Em parceria com a Embratel, a The Shift teve a oportunidade de conversar com oito lideranças femininas para discutir o próximo nível das tecnologias no setor financeiro.

10 Tecnologias emergentes que vão moldar o futuro

Inovação

10 Tecnologias emergentes que vão moldar o futuro

A lista de tecnologias inclui superfícies inteligentes e micróbios que capturam carbono. Veja um resumo do Relatório do Fórum Econômico Mundial

Agronegócio: Conheça as novas profissões e quanto pagam

Carreira

Agronegócio: Conheça as novas profissões e quanto pagam

O mercado ligado ao agronegócio busca talentos para preencher vagas que surgiram com a introdução de tecnologias e governança.