s
TENDÊNCIAS

“Quiet quitting”: um barulho ensurdecedor chega às empresas

Movimento que defende trabalhar apenas o contratado começa no Tik Tok, invade as redes sociais e acende o sinal amarelo na área de RH: será tão perigoso quanto a "Grande Demissão?"

Por Rosane Serro 05/09/2022

Nas últimas duas semanas, um tema viralizou em centenas de vídeos do Tik Tok, invadiu as outras redes sociais, espalhou-se pelos talk shows e pela TV aberta, pautou as colunas de especialistas e chegou como um rastilho de pólvora nas consultorias e nos departamentos de RH das empresas: o quiet quitting ou a “desistência silenciosa”. Depois da “Great Resignation” – quando, em 2021, mais de 47 milhões de americanos pediram demissão, segundo o U.S. Bureau of Labor Statistics -, esta parece ser mais uma rachadura nos paradigmas adotados pelo atual sistema capitalista no que se refere à administração dos recursos humanos necessários à sua produção.

O quiet quitting é um movimento majoritariamente jovem, multiplicado pela chamada Geração Z (dos nascidos entre 1995 a 2010), que professa não desistir do trabalho, mas da ideia de que se deve fazer mais e ir além em seu nome. Você continua a cumprir suas tarefas, porém não mais compartilha da visão de que deve dar seu sangue, suor e suas lágrimas para manter o emprego. “O trabalho não é a sua vida. O seu valor como pessoa não é definido pela sua produtividade”, afirma o músico Zaid Khan, cujo vídeo sobre o tema acumulou 487,7 mil visualizações das 354 milhões apuradas pelo Tik Tok até 2 de setembro.

Choque de gerações

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Direto de Dubai, as megatrends 2024

Tendências

Direto de Dubai, as megatrends 2024

Relatório aponta tendências que merecem um olhar atento da parte da iniciativa privada e do setor público. Na lista há velhos conhecidos como DeFi, e coisas revolucionárias, como upcycling.

Teses cripto para 2024

Tendências

Teses cripto para 2024

Os últimos 12 meses testaram a resiliência da criptoeconomia, pavimentaram a aproximação com as finanças tradicionais, ampliaram as regulações e abriram caminho para a tokenização de ativos

Fronteiras da tecnologia em 2024

Inovação

Fronteiras da tecnologia em 2024

A criatividade dos investidores de risco corre solta quando se trata de imaginar as novas fronteiras possíveis para a tecnologia em 2024. E há muito alinhamento com os analistas de mercado

Tecnologia estética é a grande aliada da longevidade

Tendências

Tecnologia estética é a grande aliada da longevidade

A tecnologia levou ao mercado de estética diversas opções que garantem a individualidade e personalidade dos pacientes, atendendo a mais questões com maior segurança e eficiência

Por Thalita Herek *
Exigências de consumo em 2024

Tendências

Exigências de consumo em 2024

Cada vez mais os consumidores valorizam marcas que correspondam aos seus valores.

Mega tendências para 2040

Tendências

Mega tendências para 2040

O que será da tecnologia em 2040? A consultoria MarketsandMarkets resolveu fazer seu foresight e arriscou uns palpites. Entre eles, o do início da singularidade tecnológica