s
Unsplash/Headway
STARTUPS

Os investidores também têm FOMO

O medo de estar perdendo algo pode levar a investimentos precipitados ou à inflação do valuation de uma startup

Sabe aquela sensação de estar perdendo algo ao se desconectar? É o tal do FOMO (Fear Of Missing Out, em inglês). É esse medo que nos faz ficar de olho em cada notificação do celular ou sempre estar checando as redes sociais. Na vida de um investidor em Venture Capital esse tipo de receio também é constante, mas se configura de outra forma: o medo é deixar passar um deal bilionário. A preocupação só aumenta com a quantidade recorde de capital captada pelas startups brasileiras em 2021 - mais fluxo de capital é igual a uma maior competitividade para entrar nas rodadas.

O General Partner da NFX, Gigi Levy-Weiss, aponta que os VCs têm dois impulsionadores psicológicos: o medo de perder a chance de investir em uma boa startup (FOMO) e o receio de parecer um idiota por fazer uma decisão errada (FOLS, sigla em inglês para Fear of looking stupid). Ambos fazem com que os investidores possam acabar tomando decisões erradas.

“Quando um parceiro de uma firma de capital de risco vê uma empresa que poderia ser enorme - com uma ótima equipe, em um campo que ele gosta e com uma boa ideia - é difícil não investir”, explica Levy-Weiss. “Os VCs não querem investir em qualquer lugar onde possam acabar parecendo estúpidos. ‘Como você investiu em um concorrente do Uber depois que o Uber já levantou US$ 5 bilhões?’ não é uma pergunta que você deseja que seus Limited Partners façam”, completou.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

O ranking para melhorar a relação entre startups e corporações

Inovação

O ranking para melhorar a relação entre startups e corporações

Com o ranking de Melhores Corporações para o Ecossistema Brasileiro de Startups, a The Bakery quer identificar as melhores práticas do mercado.

Novas demissões são um sinal negativo para o mercado

Economia

Novas demissões são um sinal negativo para o mercado

Em cinco meses de 2022, o número de demissões já se iguala ao total de 2021. Sinais de falta de liquidez atingem principalmente as scale-ups

Apoio à inovação: a virada digital da Arezzo&Co

Inovação

Apoio à inovação: a virada digital da Arezzo&Co

Fechar parcerias com as startups é uma parte fundamental do processo de transformação digital do grupo

A startup brasileira na corrida pelo peixe cultivado

Inovação

A startup brasileira na corrida pelo peixe cultivado

Com o foco em 4 espécies, a Sustineri Piscis é a primeira foodtech brasileira a produzir pescado cultivado em laboratório

A saga Twitter & Elon Musk. Um fio para acompanhar

Mercado

A saga Twitter & Elon Musk. Um fio para acompanhar

O bilionário quer comprar o Twitter por US$ 44 bilhões. A história continua rendendo porque o deal leva tempo e muito dinheiro. Acompanhe aqui

Pill digitaliza a farmácia para gerar mais valor para o paciente

Inovação

Pill digitaliza a farmácia para gerar mais valor para o paciente

A digitalização das farmácias pode escalar um modelo de atendimento farmacêutico mais próximo e personalizado.