s
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Organoid Intelligence, a IA do futuro

O aumento de desempenho que poderia ser alcançado pela produção de computadores a partir de material biológico em vez de silício é significativo. Mas há obstáculos a serem superados.

Em algum momento da próxima década, a OI (Organoide Intelligence) fará a Inteligência Artificial ir além das suas limitações atuais. Expandirá também as fronteiras da biocomputação. Não por acaso, é citada 24 vezes no recente relatório de tendências do Future Today Institute, comandado por Amy Webb.

A OI encapsula os avanços em tecnologia de células-tronco, bioengenharia e IA. Hoje, ainda enfrenta desafios tecnológicos, como a ampliação do volume de produção de organoides e o desenvolvimento de interfaces cérebro-computador que permitam a troca de dados. E esbarra em considerações éticas quanto à consciência e aos direitos dos organoides, necessitando de um quadro ético rigoroso e inclusivo.

Mas as muitas aplicações possíveis— como tomada de decisões complexas semelhantes às humanas e o atendimento às demandas cada vez mais insustentáveis de consumo de energia impulsionadas pelos avanços em IA e supercomputação — estimulam o seu desenvolvimento estratégico como disciplina científica.

Como funciona?

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

Inteligência Artificial

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

A Co-Inteligência gira em torno da colaboração entre a Inteligência Artificial e humanos, aproveitando os pontos fortes de cada um. Entenda

Inteligência Artificial: Foque no desempenho humano

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial: Foque no desempenho humano

Uma nova pesquisa mostra que é preciso valorizar as habilidades exclusivas dos seres humanos para progredir no uso das tecnologias.

Inteligência Artificial: 10 tendências quentes para 2030

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial: 10 tendências quentes para 2030

A nova pesquisa produzida pelo Ericsson ConsumerLab convidou 6.500 usuários pioneiros de IA para avaliar e identificar quais serão as principais tendências para a próxima década.

IA Responsável? Só no papel...

Inteligência Artificial

IA Responsável? Só no papel...

Recente pesquisa mostrou que as empresas de tecnologia não estão tomando as medidas apropriadas em relação ao uso de IA Responsável

IA e gestão da inovação se encontram

Inteligência Artificial

IA e gestão da inovação se encontram

A inovação na IA não é apenas a adoção de novas tecnologias. Ela precisa estar integrada à estrutura da criatividade e do crescimento organizacional.

Dados: o alto custo do GPT-4o

Inteligência Artificial

Dados: o alto custo do GPT-4o

Considerando que o ChatGPT está cada vez mais integrado em tecnologias como a da Apple é preciso entender o que estamos "trocando" no momento que usamos a aplicação gratuitamente.