s
Crédito: Chincotech
SEGURANÇA

O reconhecimento facial no mundo

As empresas de reconhecimento facial contam com “passaportes de imunidade” para coronavírus, uma aplicação que ajuda no combate ao vírus, mas levanta questionamentos sobre privacidade

Nos últimos 10 anos, o uso da tecnologia de reconhecimento facial na vigilância tornou-se cada vez mais comum em todo o mundo. Programas de computador que analisam imagens de rostos humanos para identificá-los são usados para identificar criminosos e podem até encontrar crianças perdidas em questão de segundos.

Recentemente, as empresas de reconhecimento facial lançaram “passaportes de imunidade” para coronavírus nos EUA e no Reino Unido. Aplicações que, apesar de bem intencionadas, vêm levantando questionamentos importantes sobre os impactos na privacidade dessa vigilância generalizada.

No total, 109 países já usam ou aprovaram o uso da tecnologia, como mostra o levantamento feito pela Surfshark, sumarizado neste infográfico da Visual Capitalist. Apenas três países no mundo, incluindo Bélgica e Luxemburgo, se opõem oficialmente ao uso da tecnologia.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA ACESSAR 5 CONTEÚDOS MENSAIS

Ao cadastrar-se você declara que está de acordo
com nossos Termos de Uso e Privacidade.

Cadastrar

A maioria dos países da América do Sul tem recorrido ao reconhecimento facial em ações de segurança pública, para reprimir crimes. No Brasil, a tecnologia ajudou a capturar o segundo criminoso mais procurado da Interpol. E nossas autoridades planejam criar um banco de dados biométrico dos cidadãos. Quem já baixou o novo aplicativo do CPF para celulares Android e iOS se surpreendeu com a captura detalhada do rosto para ter acesso ao documento.

Mapa de reconhecimento facial ao redor do mundo Crédito: Visual Capitalist

Mais capital intelectual e capital semente para a Amazônia

Inovação

Mais capital intelectual e capital semente para a Amazônia

Um hackaton organizado pelo Apoema Hub busca contribuir para o desenvolvimento sustentável da região baseado no conceito de Service-as-a-Capital. Já ouviu falar?

O ranking para melhorar a relação entre startups e corporações

Inovação

O ranking para melhorar a relação entre startups e corporações

Com o ranking de Melhores Corporações para o Ecossistema Brasileiro de Startups, a The Bakery quer identificar as melhores práticas do mercado.

Estar na nuvem é cada vez mais estratégico

Tendências

Estar na nuvem é cada vez mais estratégico

Governos e empresas precisam considerar o valor da nuvem na reformulação da economia para o digital

IoT: tecnologias para colocar no seu radar

Tendências

IoT: tecnologias para colocar no seu radar

Relatório aponta quais tecnologias relacionadas a Internet das Coisas estão próximas da maturidade e avançaram mais nos últimos anos

Por Redação The Shift
Novo paradigma do gerenciamento da informação: foco no cliente!

Tendências

Novo paradigma do gerenciamento da informação: foco no cliente!

Cada vez mais é preciso deixar de falar muito bem a linguagem do medo, da incerteza e da dúvida e passar a fazer parte de uma conversa de negócios, mais estratégica e produtiva, revela pesquisa

Bancos devem oferecer mais experiências personalizadas e ominichannel

Tendências

Bancos devem oferecer mais experiências personalizadas e ominichannel

Clientes esperam que suas jornadas phygital sejam relevantes, envolventes, sem atrito entre os canais e de baixo custo, revela o estudo World Retail Banking, da Capgemini. Só fintechs conseguem