s
Theresa Payton Crédito: Reprodução
SEGURANÇA

Privacidade é a “Caixa de Pandora”

A ex-CIO da Casa Branca, Theresa Payton, alerta para os riscos de aceitar cegamente o tracking de smartphones para combater a Covid-19

Por Silvia Bassi 26/04/2020

Theresa Payton é uma das mais respeitadas especialistas em cibersegurança nos Estados Unidos e no mundo todo. Foi CIO da Casa Branca entre 2006 e 2008, na gestão de George W. Bush, e hoje é CEO e founder da Fortalice Solutions. E na quarta-feira soltou o verbo em um artigo publicado no Medium sobre os riscos de abrir mão da privacidade dos dados pessoais de cidadãos do mundo todo em nome de combater a pandemia da Covid-19.

O argumento de Theresa é muito simples de entender: não é porque é possível rastrear todos e cada um individualmente, com smartphones e apps como a que está sendo feita em conjunto por Apple e Google, que devemos fazer cegamente, sem atentar para o risco de o que hoje é voluntário vir a ser compulsório depois de passada a pandemia. O rastreamento nesse momento é uma Caixa de Pandora, o artefato grego que parecia um presente mas que de fato era uma maldição. A menos que nós, coletivamente, decidamos que não vai ser.

"Tem muitas questões importantes que ainda precisam ser respondidas: quem vai ter acesso a esses dados? Como eles serão mantidos seguros? Quando vamos parar de coletá-los, e se vamos? Quando não precisarmos mais deles, como serão apagados?", escreve Theresa.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Do Deepfake ao ChatGPT: como a evolução tecnológica influencia fraudes e golpes

Segurança

Do Deepfake ao ChatGPT: como a evolução tecnológica influencia frau...

Foi-se a época em que a ortografia e a gramática inadequadas eram indicadores de um possível golpe. Frente a isso, há uma necessidade urgente de soluções inovadoras

Por Cassiano Cavalcanti *
Não adianta trancar a porta e deixar a janela aberta

Segurança

Não adianta trancar a porta e deixar a janela aberta

Vulnerabilidades conhecidas desempenharam um papel importante nos ataques de 2022

Redes blockchain são seguras?

Segurança

Redes blockchain são seguras?

A tecnologia blockchain foi construída em torno das ideias de consenso, descentralização e criptografia de modo a garantir confiança nas transações. Mas esta é uma cláusula pétrea? Sem ameaças, riscos ou imperfeições?

Cresce a

Segurança

Cresce a "tecnologia hostil" em 2023

A natureza das ameaças cibernéticas está mudando e os métodos tradicionais para prevenir ataques estão falhando rotineiramente. As empresas vão precisar ampliar seu escopo de segurança para proteger os consumidores e minimizar o pote...

A cibersegurança chegou ao board, mas falta trazer o CISO

Segurança

A cibersegurança chegou ao board, mas falta trazer o CISO

Pesquisa com 600 membros de conselhos administrativos de empresas globais mostra que o Brasil é o país que menos conecta responsáveis pela segurança digital com a gestão.

Brasil estagna no ranking de competitividade digital

Segurança

Brasil estagna no ranking de competitividade digital

O país se manteve na posição 51 no IMD World Digital Competitiveness Ranking 2021, que mede indicadores de conhecimento, tecnologia e prontidão futura.

Por Marina Hortélio