s
STARTUPS

O império de negócios chinês vai ser fatiado

Alibaba vai ser divido em seis empresas autônomas: as ações da companhia subiram 14% em Nova York e 13% em Hong Kong

O gigantesco conglomerado chinês Alibaba, conhecido como a “Amazon chinesa”, vai ser dividido em seis empresas, cada uma com autonomia, CEO próprio e liberdade para levantar fundos e até abrir capital.

O anúncio foi feito pela empresa no dia 28 e foi bem recebido pelo mercado: as ações da companhia subiram 14% em Nova York e 13% em Hong Kong. Por um bom motivo: tira da mesa a pressão regulatória que o governo chinês vem exercendo há dois anos sobre grandes monopólios, e que custou ao grupo US$ 2,8 bilhões em multas relacionadas a alegado abuso de domínio do mercado.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

Startups

Radiografia dos negócios de impacto no Brasil

O primeiro relatório "Startup de Impacto Report Brasil" do Observatório Sebrae de Startups apresenta o panorama das principais startups de impacto no Brasil.

O negócio de fechar startups

Startups

O negócio de fechar startups

Empresas especializadas em fechar startups, como a Sunset e SimpleClosure, estão recebendo investimentos de milhões de dólares mostrado o início de um novo mercado.

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Startups

O sucesso está na cabeça dos fundadores

Um novo estudo científico sobre startups dá uma nova dimensão à frase "personalidade de sucesso"

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Startups

Scale-ups para ficar de olho em 2024

Scale-ups são startups que chegaram à vida adulta e crescem, no mínimo 20% ao ano, sua receita recorrente. Sua habilidade de escalar os negócios merece ser estudada pelas empresas tradicionais, já que apenas uma em cada 200 startups ch...

2024, o ano dos unicorpses

Startups

2024, o ano dos unicorpses

Dez anos depois que o termo Unicórnio foi estabelecido o cenário atual está cada vez mais difícil para as startups conseguirem prosperar no mercado gerando vários “unicorpses”

Para onde correm os unicórnios?

Startups

Para onde correm os unicórnios?

Aileen Lee, sócia da Cowboy Ventures, dez anos depois de seu artigo "Welcome to the unicorn club" escreve uma nova análise sobre o futuro dessas empresas