s

TENDÊNCIAS

Hora de reimaginar tudo o que um game é como negócio

Antes os games valiam cada vez menos com o passar do tempo, agora bons games podem se tornar cada vez mais valiosos, ano após ano

Por Cristina De Luca 24/07/2021

Jogos são a nova superplataforma, afirma a Accenture. E é fácil entender por quê. A indústria adicionou 500 milhões de jogadores novos e mais diversificados nos últimos três anos, impulsionada pela adoção de jogos móveis e desejo por experiências sociais. O valor global da indústria, considerando todas as categorias, ultrapassa hoje os US $ 300 bilhões. Um grande mercado, que cresceu ainda mais com a pandemia. Então não é surpreendente que mais empresas queiram participar. Pelotão, Netflix , Zoom, TikTok, Amazon, Apple e Google são algumas delas.

Os novos recursos do Zoom incluem pôquer, curiosidades e jogos de mistério. A Peloton, fabricante de bicicletas ergométricas, está lançando um jogo que permite que a força do pedal das pessoas comande uma roda virtual giratória. O Netflix confirmou esta semana que também está avançando para os jogos para celular, incialmente,  incluindo-os na assinatura, sem custo adicionalFacebookTikTokAmazon, Apple e Google ,em diferentes graus, também estão interessados em vídeo games ou na venda de jogo por assinatura.

A maior motivação? Nos últimos meses, as vendas globais relacionadas a jogos foram maiores do que as receitas combinadas de filmes e música. Uma das razões pelas quais podem parecer inevitáveis em breve. A Netflix, por exemplo, compete pelo tempo de lazer, não pelo tempo de TV - a Coca-Cola costumava falar sobre 'compartilhamento de garganta'. Isso não significa que os jogos sejam fáceis, e o modelo de streaming de jogos ainda é um quebra-cabeça - se você ainda fizer as pessoas comprarem um jogo de cada vez por US $ 75 você limita o mercado. Mas se a ofererta for all-you-can-eat por US$ 10 ou US $ 20 por mês?

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a promoção e assine

Como serão os games no futuro?

Inovação

Como serão os games no futuro?

Cloud gaming, mais diversidade e mobile são algumas das tendências que moldam os próximos passos do mercado de jogos online

Por Marina Hortélio
Além dos filmes e séries: o streaming impacta outras indústrias

Streaming

Além dos filmes e séries: o streaming impacta outras indústrias

Conteúdo esportivo, plataformas de educação e cloud gaming são alguns dos universos em que a tecnologia de streaming tem papel fundamental

Por João Ortega
O boom do mercado de games

Mercado

O boom do mercado de games

Em 50 anos de história, o mercado de jogos passou por uma transformação que o tirou do setor de brinquedos para produtos eletrônicos e mais recente, para o ambiente digital

Por Redação The Shift
e-Sports: o novo comportamento de consumo digital

The Shift 360°

e-Sports: o novo comportamento de consumo digital

Digitais e apaixonados, fãs de e-sports são consumidores protagonistas de um mercado bilionário que impacta diversos setores e gera incontáveis oportunidades de negócios

Por João Ortega
Games a negócios: as oportunidades no crescente mercado de e-sports

The Shift 360°

Games a negócios: as oportunidades no crescente mercado de e-sports

Por João Ortega
Quanto streaming cabe na sua carteira?

Economia Digital

Quanto streaming cabe na sua carteira?

Seja serviço de assinatura, video-on-demand (VoD) ou algum dos novos modelos que estão entrando com força, o consumidor está diante de uma variedade de escolhas como nunca existiu

Por Soraia Yoshida