s
Infográfico do GAO - US Government Accountability Office que mostra como identificar uma deepfake: video, foto ou peça de áudio que parece real, mais foi manipulada com IA
TENDÊNCIAS

Hora de desconfiar de tudo e todos

Os deepfakes criam um campo de distorção da realidade que ameaça adversamente a política, os negócios e a percepção da história e podem até serem usados ​​em aplicações militares. Acione seus radares.

Por Silvia Bassi 21/08/2022

Esse não é um post sobre política, é um post sobre o impacto que o uso indevido da tecnologia pode provocar sobre a percepção da realidade. Mas é também sobre como a tecnologia pode ajudar a separar o joio do trigo na tempestade de desinformação que vem por aí. E evitar que, inadvertidamente, sejamos disseminadores do problema.

Na quarta-feira, 18/08, um dia apenas depois do início oficial da campanha eleitoral, circulou a primeira deepfake das eleições de 2022: um vídeo manipulado da apresentadora Renata Vasconcelos, do Jornal Nacional, invertia os resultados de uma pesquisa de intenção de votos do Ipec. O vídeo circulou no Twitter, WhatsApp e YouTube. É o primeiro destas eleições, mas não será o último, infelizmente.

Estamos na década da mídia sintética, como define, desde 2020, a futurista quantitativa Amy Webb e isso é um movimento global.  "Existem, agora, milhares de vídeos deepfake online, de acordo com a startup Deeptrace. Eles criam um campo de distorção da realidade que ameaça adversamente a política, os negócios e a percepção da história e podem até ser usados ​​em aplicações militares", escreve Cristina De Luca nesse artigo da The Shift mapeando o estado das deepfakes.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Com tanta urgência no mundo, será que dá para falar em desacelerar? 

Tendências

Com tanta urgência no mundo, será que dá para falar em desacelerar?...

É importante pensar no assunto, porque esse é o grande desejo dos consumidores segundo a 10⁠ª edição do The Future 100, realizado pelo grupo de publicidade VML

O poder dos superfãs

Tendências

O poder dos superfãs

Uma legião de superfãs, e o apreço das novas gerações pela IA Generativa, sinalizam novas oportunidades de receita para as empresas de Mídia e Entretenimento Digital, diz a Deloitte.

Aproveite a era das mudanças quânticas

Tendências

Aproveite a era das mudanças quânticas

Mudanças quânticas trazem grandes oportunidades, mas é fundamental entender completamente o cenário para não errar a mão. Um novo relatório tem uma lista de 50 delas.

Direto de Dubai, as megatrends 2024

Tendências

Direto de Dubai, as megatrends 2024

Relatório aponta tendências que merecem um olhar atento da parte da iniciativa privada e do setor público. Na lista há velhos conhecidos como DeFi, e coisas revolucionárias, como upcycling.

Teses cripto para 2024

Tendências

Teses cripto para 2024

Os últimos 12 meses testaram a resiliência da criptoeconomia, pavimentaram a aproximação com as finanças tradicionais, ampliaram as regulações e abriram caminho para a tokenização de ativos

Fronteiras da tecnologia em 2024

Inovação

Fronteiras da tecnologia em 2024

A criatividade dos investidores de risco corre solta quando se trata de imaginar as novas fronteiras possíveis para a tecnologia em 2024. E há muito alinhamento com os analistas de mercado