s
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Inteligência Artificial: Foque no desempenho humano

Uma nova pesquisa mostra que é preciso valorizar as habilidades exclusivas dos seres humanos para progredir no uso das tecnologias.

Muitas das mudanças tecnológicas que estão acontecendo agora — o surgimento da IA Generativa, a ascensão de mundos virtuais, réplicas virtuais de nós mesmos e o desenvolvimento da Neurotecnologia que agora pode quantificar o cérebro — podem parecer que foram retiradas diretamente das páginas de um livro de ficção científica, mas já estão se tornando uma realidade cotidiana. Reimaginar o trabalho sem fronteiras em meio a essas disrupções não é mais hipotético — ou opcional.

Já estamos operando em um mundo em que o trabalho não é mais definido por empregos, o local de trabalho não é mais um lugar específico, muitos trabalhadores não são mais funcionários tradicionais e os recursos humanos não são mais uma função isolada. Essas fronteiras, antes assumidas como a ordem natural das coisas, estão caindo e os modelos tradicionais de trabalho estão se tornando sem fronteiras. É hora de negociar as regras, construções operacionais e proxies do passado. Priorizar o desempenho humano pode ajudar as organizações a dar o salto necessário.

A pesquisa "Global Human Capital Trends de 2024", da Deloitte, revela que um foco no fator humano está surgindo como a ponte entre saber quais mudanças estão moldando o futuro do trabalho e fazer coisas para trazer um progresso real em direção a acioná-las para criar resultados positivos. Fica claro pelas respostas de mais de 14 mil entrevistados, em 95 países, que quanto mais o trabalho se torna sem fronteiras, mais importantes as capacidades exclusivamente humanas — como empatia e curiosidade — se tornam necessárias e demandadas.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

Inteligência Artificial

Co-Inteligência: o que é e como colaborar com a IA Generativa

A Co-Inteligência gira em torno da colaboração entre a Inteligência Artificial e humanos, aproveitando os pontos fortes de cada um. Entenda

Inteligência Artificial: Foque no desempenho humano

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial: Foque no desempenho humano

Uma nova pesquisa mostra que é preciso valorizar as habilidades exclusivas dos seres humanos para progredir no uso das tecnologias.

Inteligência Artificial: 10 tendências quentes para 2030

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial: 10 tendências quentes para 2030

A nova pesquisa produzida pelo Ericsson ConsumerLab convidou 6.500 usuários pioneiros de IA para avaliar e identificar quais serão as principais tendências para a próxima década.

IA Responsável? Só no papel...

Inteligência Artificial

IA Responsável? Só no papel...

Recente pesquisa mostrou que as empresas de tecnologia não estão tomando as medidas apropriadas em relação ao uso de IA Responsável

IA e gestão da inovação se encontram

Inteligência Artificial

IA e gestão da inovação se encontram

A inovação na IA não é apenas a adoção de novas tecnologias. Ela precisa estar integrada à estrutura da criatividade e do crescimento organizacional.

Dados: o alto custo do GPT-4o

Inteligência Artificial

Dados: o alto custo do GPT-4o

Considerando que o ChatGPT está cada vez mais integrado em tecnologias como a da Apple é preciso entender o que estamos "trocando" no momento que usamos a aplicação gratuitamente.