s
Crédito: Reprodução Internet

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Em debate histórico, dois cientistas divergem sobre a IA

Yoshua Bengio e Gary Marcus têm definições e visões diferentes sobre o Deep Learning

Em um debate histórico, realizado na véspera do Natal de 2019, Gary Marcus, professor e empresário da NYU e uma das grandes referências em Deep Learning, e Yoshua Bengio, um dos pioneiros e principais especialistas na tecnologia, discordaram muito a respeito das definições e caminhos que ela deve seguir.

Em comum apenas o pensamento de que os futuros sistemas de IA precisam de uma abordagem híbrida, que combine Machine Learning com alguma forma de manipulação do que Marcus chamou de “símbolos” e Bengio de “variáveis”. Marcos resumiu o debate em um texto publicado no Medium.

AI DEBATE: Yoshua Bengio | Gary Marcus

Dias depois, o debate continuava quente na Internet. Marcus publicou um post no Medium, que foi respondido por Bengio, em uma carta aberta no Google Docs, vinculada à sua conta do Facebook.

Receba grátis nossa newsletter

A conversa sobre o melhor caminho para a IA segue reverberando nas mídias sociais com a hashtag: #AIDebate. E tem gerado muitas indicações de leitura para profissionais da área, estudantes e curiosos, no site da Montreal.ia, organizadora do evento.

Por que construir uma AI DAO?

Inteligência Artificial

Por que construir uma AI DAO?

Porque para construir DAOs de sucesso, precisamos de máquinas inteligentes

Por Cristina De Luca
A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Inteligência Artificial

A tecnologia que faz surdos e ouvintes se entenderem

Com o uso de Inteligência Artificial, a startup alagoana Hand Talk traduz português e inglês em línguas de sinais. O propósito é reduzir as barreiras de comunicação entre surdos e ouvintes, como conta o CEO Ronaldo Tenório

Por Marina Hortélio
E a IA começa a se tornar onipresente, de fato

Inteligência Artificial

E a IA começa a se tornar onipresente, de fato

Com TinyML, qualquer objeto, por menor que seja, se tornará inteligente. A tecnologia permite fazer mais com menos espaço e poder computacional

Por Cristina De Luca
Chegou a hora de quebrar os silos de dados

Inteligência Artificial

Chegou a hora de quebrar os silos de dados

A boa notícia para a indústria de dados e IA é que os data warehouses, os data lakes e as lakehouses estão crescendo muito rápido, em escala

Por Cristina De Luca
Por uma IA que trabalhe melhor com o português

Inteligência Artificial

Por uma IA que trabalhe melhor com o português

Centro de Inteligência Artificial da USP, em parceria com a Fapesp e a IBM, se prepara para liberar três conjuntos de dados open source para treinamento de modelos NLP no nosso idioma

Por Cristina De Luca
IA começa a ser aplicada na previsão de eventos climáticos extremos

Inteligência Artificial

IA começa a ser aplicada na previsão de eventos climáticos extremos

Mas embora vastos conjuntos de dados de observação da Terra estejam no cerne da ciência do clima, apenas uma pequena fração deles é usada atualmente para "treinar" modelos climáticos

Por Cristina De Luca