s
Crédito: Gerd Altmann/Pixabay
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Depois do personal shopper, vem aí o personal health IA?

Para atender medidas regulatórias e critérios de privacidade, os dados médicos do indivíduo ficariam armazenados em bases de dados em cada país

Personal trainer, personal shopper... que tal personal health IA? A ideia de que a Inteligência Artificial possa ser usada pelos governos para nos tirar com segurança do lockdown, criando uma agenda de comportamento pós-Covid personalizada para cada habitante do planeta, a partir de seus hábitos, estilo de vida e perfil de saúde, foi lançada recentemente por um grupo de acadêmicos.

A proposta é radical e tem desafios regulatórios e de tecnologia, mas o argumento é imbatível: "a Covid-19 poderia ter sido melhor gerenciada se os governos tivessem aproveitado de fato as tecnologias avançadas de dados que transformaram os negócios nos últimos 20 anos", escreveram os pesquisadores em um artigo na Harvard Business Review. "Discutimos uma maneira de os governos alavancarem essas tecnologias no gerenciamento de uma pandemia futura - e talvez até nas fases finais da atual".

Os três pesquisadores - Theos Evgeniou, professor de Decision Sciences e Technology Management do INSEAD, David Hardoon, Senior Advisor de Data e Artificial Intelligence no UnionBank Philippines e ex-CDO da Autoridade Monetária de Singapura, e Anton Ovchinnikov, professor de Customer Analytics na Smith School of Business e na Queen’s University (Canadá) e professor visitante do INSEAD - propõem um modelo global de Machine Learning e dados parecido com os mecanismos atuais de recomendação e personalização (pense em Netlflix, Amazon.com e nas fintechs, por exemplo) que seria usado em conjunto por governos do mundo todo para combater essa e as próximas pandemias que vão inevitavelmente aparecer.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Como detectar conteúdo gerado pela IA

Inteligência Artificial

Como detectar conteúdo gerado pela IA

Para todo veneno há um antídoto. A IA Generativa surgiu e maravilhou a todos com sua capacidade infinita de criação. Agora, empresas lançam soluções para um trabalho difícil: detectar plágios no conteúdo gerado por máquina

Cuidado! Sua empresa pode precisar de um detox de dados

Big Data

Cuidado! Sua empresa pode precisar de um detox de dados

Dados em excesso resultam em muito ruído, comprometendo o desempenho, a lucratividade e a segurança das empresas, levando a riscos regulatórios e de conformidade

IA e a construção da estratégia

Inteligência Artificial

IA e a construção da estratégia

A IA estratégica é uma ferramenta que pode simplificar a vida dos executivos. Um meio de acelerar o impacto, lidar com disrupções e desbloquear novas oportunidades de mercado. Mas ela deve servir ao negócio e não o contrário.

IA Descentralizada e para as massas

Inteligência Artificial

IA Descentralizada e para as massas

No ano passado, a “descentralização” da IA permitiu que um conjunto mais amplo de empresas e indivíduos interagisse com modelos de aprendizado profundo, antes restritos a instituições com grandes conjuntos de dados. A DeAI estará...

Em 2023, a IA ultrapassará os limites

Inteligência Artificial

Em 2023, a IA ultrapassará os limites

A partir de 2023, o relógio acelerará. Ferramentas de IA baseadas em linguagem e imagem chegarão aos produtos muito rapidamente. Haverá avanços em direção à Inteligência Artificial Geral (AGI) e certamente veremos uma outra onda de...

A nomeação de um comitê de risco ético de IA é para ontem

Inteligência Artificial

A nomeação de um comitê de risco ético de IA é para ontem

Abordagens padrão ignoram dezenas de possíveis problemas éticos. Para melhor mitigar os riscos, as empresas precisam de recomendações de um grupo multidisciplinar, com autoridade para emiti-las