s
Créditos: (Unsplash/ThisisEngineering RAEng)
INOVAÇÃO

A transformação digital também causa desigualdade

As políticas públicas precisam acompanhar os avanços tecnológicos para reduzir as desigualdades causadas pela tecnologia.

Por Zia Qureshi, Banco Mundial 25/01/2022

Vivemos em uma época de inovações tecnológicas empolgantes. As tecnologias digitais estão impulsionando mudanças transformadoras. Os paradigmas econômicos estão mudando. As novas tecnologias estão remodelando os mercados de fatores e produtos e alterando profundamente os negócios e o trabalho. Os últimos avanços em inteligência artificial e inovações relacionadas estão expandindo as fronteiras da revolução digital. A transformação digital está se acelerando após a pandemia do COVID-19. O futuro está chegando mais rápido do que o esperado.

Um livro recentemente publicado, “Shifting Paradigms: Growth, Finance, Jobs, and Inequality in the Digital Economy”, examina as implicações do desdobramento da metamorfose digital para economias e agendas de políticas públicas.

Transformação digital: promessas e armadilhas

As novas tecnologias são muito promissoras. Elas criam novos caminhos e oportunidades para um futuro mais próspero, mas também apresentam novos desafios. Embora as tecnologias digitais tenham deslumbrado com o brilho e a proeza de suas aplicações, até agora não entregaram totalmente o dividendo esperado em maior crescimento da produtividade. De fato, o crescimento da produtividade agregada desacelerou nas últimas duas décadas em muitas economias. Consequentemente, o crescimento econômico tende a ser menor.

Para cumprir a promessa das atuais máquinas inteligentes, as políticas também precisam ser mais inteligentes

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

O algoritmo vai te cancelar?

O Shift da Questão

O algoritmo vai te cancelar?

As pessoas e os algoritmos estão cada vez mais envolvidos em processos interativos em que nem o ser humano nem os algoritmos recebem dados imparciais

Por Cristina De Luca, João Ortega, Marina Hortélio, Silvia Bassi e Soraia Yoshida
A meritocracia é uma farsa (mas não precisa ser)

Entrevista

A meritocracia é uma farsa (mas não precisa ser)

Daniel Markovits aponta o que está errado no sistema meritocrático e diz que a meritocracia pode ser revista para deixar de ser uma ferramenta de exclusão

As duas faces da gig economy

Economia Digital

As duas faces da gig economy

De um lado, trabalhadores informais recorrem a plataformas de delivery por necessidade. Do outro, profissionais qualificados buscam maior flexibilidade. Como garantir direitos a todos?

Por João Ortega
Design Justice pode transformar a sociedade

Tendências

Design Justice pode transformar a sociedade

Conceito defende um olhar crítico sobre o desgin, para que deixe de perpetuar as estruturas de poder existentes, tornando-se mais equitativo e inclusivo. Materializa o desejo do design para todos

Por Cristina De Luca