s
Free your creativity
INOVAÇÃO

A solidão de empreender nas fronteiras da inovação

Os "espaços de fronteira" lidam com tecnologias que estão muito lá na frente e que são difíceis de explicar. Mas não se engane, elas são a coisa mais quente dos próximos anos

Empreender nas fronteiras mais longínquas da tecnologia, e falar de CRISPR, fusão nuclear, hidrogênio verde, proteínas sintéticas, retirada de carbono da atmosfera, carne cultivada em laboratório, siglas estranhas de grandes modelos de IA Generativa e coisas assim, que algumas vezes levam anos para se materializar, é uma atividade "solitária e confusa", diz o neurocientista Joseph DeBruin, CEO e cofundador da comunidade Backdrop e ex-diretor do Research Gate, uma rede profissional para pesquisadores com mais de 20 milhões de membros.

DeBruin publicou recentemente um resumo dos principais insights que levantou entrevistando mais de 50 founders de crypto, climatetechs, IA e biotechs. Quatro das categorias mais quentes dentre as startups de frontier technology ou frontier spaces — áreas localizadas nos limites mais distantes do conhecimento ou realização de diferentes setores.

  • Founders de startup early-stage dizem que os desafios são como "o chão se movendo embaixo dos pés", porque "o contexto de trabalho muda constantemente".
  • Founders sabem que não existe blueprint para o que estão fazendo, nem guia de boas práticas. Comemoram quando encontram pessoas com quem podem ter uma conversa honesta sobre seus desafios.
  • Sabem que é difícil separar o sinal do ruído. "Você tem a sensação de que as coisas-chave que precisa — investimento, crescimento e pessoas - são barulhentas e imprevisíveis".

Toda vez que fiascos como os de Elizabeth Holmes e a Theranos acontecem, uma sombra atrapalha a vida de startups ligadas a ciência, saúde, clima, biotecnologia e outras áreas, cujos produtos ou serviços demandam conhecimento científico de quem investe, para acreditar no pitch de quem empreende. "Você tem que persuadir os investidores de que vai fazer o impossível. E eles precisam entender o que estão apoiando", diz Andrew Scott, sócio da 7percent Ventures, à Insider.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis para ler agora
e acesse 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Cuidado para não cair no gap da inovação

Inovação

Cuidado para não cair no gap da inovação

A maioria das empresas prioriza a inovação, porém não estão preparadas, mostra levantamento do BCG.

Inovações e patentes sustentáveis

Inovação

Inovações e patentes sustentáveis

Quase uma em cada três invenções está relacionada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, aponta estudo da OMPI, às vésperas do Dia Mundial da Propriedade Intelectual.

Falta imaginação às empresas

Inovação

Falta imaginação às empresas

Pesquisa recente revela que as empresas perderam a capacidade de imaginar o seu futuro, refletindo falta de curiosidade e criatividade, essenciais para a inovação.

Três tipos de inovação

Inovação

Três tipos de inovação

Daniel Sabbah, um dos autores do livro "The Heart of Innovation", explica a diferença entre inovação e invenção e os tipos de inovação nos quais investir e o porquê.

Corporate Venture Builder: modelo de geração de inovação e ganhos na TecBan

Inovação

Corporate Venture Builder: modelo de geração de inovação e ganhos...

A ATMosfera Venture foi criada para desenvolver negócios multissetoriais que possam contribuir para as transformações do ecossistema financeiro brasileiro.

Por Marcos Aurélio Pedroso *
Viagens e turismo em modo futuro

Inovação

Viagens e turismo em modo futuro

Um denso estudo produzido pela Design Hotels, em parceria com a SOON Future Studies, mergulha no cruzamento da tecnologia, com a mudança do comportamento das pessoas sobre viagens, turismo e hospedagem, para traçar um panorama interessan...