s
A menopausa é uma oportunidade de mais de US$ 600 bilhões para as companhias Crédito: Pixabay
TENDÊNCIAS

A menopausa é uma oportunidade pouco explorada no mercado de femtechs

A menopausa é inevitável, mas os tabus com o tema afastam empreendedores e investidores das oportunidades desse mercado.

Ondas de calor, ansiedade e redução da libido são alguns dos sintomas que podem acometer mulheres na menopausa e no climatério. Com a idade, o fim do período fértil se torna incontornável para elas, mas as soluções inovadoras para simplificar e desmistificar a chegada dessa fase ainda são vistas como um nicho de mercado e não recebem a atenção merecida. Dentro do setor crescente de femtechs, as startups com foco no tema precisam ganhar a mesma tração vista em outros segmentos de cuidados com a saúde feminina, especialmente no Brasil. O potencial é alto: a menopausa é uma oportunidade de mais de US$ 600 bilhões para as companhias, segundo um estudo da firma de Venture Capital Females Founders Fund.

“Muitas mulheres não entendem a menopausa, quando ela ocorre e mesmo se elas estão nessa fase. A fertilidade cobre nove meses, normalmente, mas a menopausa pode durar de quatro a 30 anos. No geral, a oportunidade é enorme”, afirma Adrianna Samaniego, principal do Female Founders Fund, ao Crunchbase News. Em um artigo publicado no final de 2020, o fundo pontua que a revolução tecnológica da menopausa estava finalmente começando naquele ano - os investimentos no segmento só correspondiam a 5% do total investido em femtech, enquanto o grupo dos cuidados com a saúde reprodutiva acumularam 95% da captação na indústria.

No Brasil, a femtech Plenapausa se posiciona como a primeira e única startup nacional com foco na menopausa, o que já demonstra o menor interesse no segmento na comparação com outras áreas do ecossistema de empresas com soluções para a saúde feminina. A ideia para a empresa veio depois das fundadoras, Marcia Cunha e Carla Moussalli, identificarem o quanto a menopausa impacta a vida das mulheres, mas ainda é uma questão pouco abordada.

Este é um conteúdo exclusivo para assinantes.

Cadastre-se grátis e tenha acesso a 5 conteúdos por mês.

É assinante ou já tem senha? Faça login. Já recebe a newsletter? Ative seu acesso.

Femtechs ultrapassam US$ 1 bilhão em captação pela primeira vez

Inovação

Femtechs ultrapassam US$ 1 bilhão em captação pela primeira vez

Elas brilham cada vez mais no mundo. Já, no Brasil, o ecossistema Femtechs ainda está sendo desenhado. Mas possui um grande potencial e também deve crescer rapidamente

Por Marina Hortélio
Gap de gênero nas startups: fundadoras enfrentam mais barreiras

Diversidade

Gap de gênero nas startups: fundadoras enfrentam mais barreiras

Minoria no ecossistema inovador brasileiro, as mulheres enfrentam desafios como a captação de investimento, a criação de uma rede de contatos e o equilíbrio entre o empreendedorismo e a vida familiar.

Por Marina Hortélio
Como as Healthtechs estão mudando a cara dos planos de saúde

Inovação

Como as Healthtechs estão mudando a cara dos planos de saúde

As startups apostam em um modelo que alinha a atenção primária à tecnologia para promover a saúde entre os beneficiários do seus planos.

Por Marina Hortélio