s
Crédito: Shutterstock

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Ótima notícia para a Inteligência Artificial e a neurociência

O Reinforcement Learning tem avançado a passos largos, inspirada nos mecanismos de recompensa do cérebro humano

Por Redação The Shift 22/01/2020

O estudo de como os organismos aprendem com a experiência, para antecipar corretamente as recompensas, tem sido um campo de pesquisa produtivo há mais de um século, desde o trabalho psicológico de Ivan Pavlov. Em 1951, Marvin Minsky, então estudante de Harvard, criou um computador que poderia aprender continuamente através de reforços semelhantes para resolver um labirinto virtual.

Esta semanaem um artigo publicado na Nature, a DeepMind, subsidiária de IA da Alphabet, usou lições do Aprendizado por Reforço para propor uma nova teoria sobre os mecanismos de recompensa em nosso cérebro. Ao otimizar os algoritmos de Reinforcement Learning, os pesquisadores descobriram detalhes sobre como a dopamina ajuda o cérebro a aprender.

Embora empiricamente os pesquisadores de IA já soubessem que o Aprendizado de Reforço Distributivo é extremamente poderoso quando combinado com as Deep Neural Networks, os novos dados o validam como um caminho potencial para a IA que aprende de maneira mais semelhante ao cérebro humano.

Receba nossa newsletter

Quando somos capazes de demonstrar que o cérebro emprega algoritmos como os que estamos usando em nosso trabalho de IA, isso reforça nossa confiança de que esses algoritmos serão úteis a longo prazo – que eles se adaptarão bem a problemas complexos do mundo real, e vão interagir bem com outros processos computacionais. Existe um tipo de validação envolvida nesse processo: se o cérebro está fazendo isso, provavelmente é uma boa ideia”, disse o autor sênior Dr. Matt Botvinick, diretor de pesquisa em neurociência da DeepMind.

Um ingrediente-chave é que o aprendizado sobre a distribuição de recompensas fornece à Rede Neural um sinal mais poderoso para reagir de maneira robusta às mudanças no ambiente ou às mudanças nas regras.

  • A aplicação prática dos algoritmos de Reinforcement Learning foi o tema da conversa entre Roger Magoulas, diretor da O’Reilly Media e Edward Jezierski, gerente do programa de aprendizado por reforço da Microsoft. Você saberia dizer como é possível  reunir criatividade e curiosidade em um sistema de aprendizado? Vale ouvir a explicação.

25 previsões que moldarão os anos 20

Tendências

25 previsões que moldarão os anos 20

Há consenso entre os conteúdos sobre 2020? Para responder a essa pergunta, Nick Routley, diretor criativo da Visual Capitalist, e sua equipe analisaram mais de 100 artigos, white papers e entrevistas.

Por Redação The Shift
Em debate histórico, dois cientistas divergem sobre a IA

Inteligência Artificial

Em debate histórico, dois cientistas divergem sobre a IA

Yoshua Bengio e Gary Marcus têm definições e visões diferentes sobre o Deep Learning

Por Redação The Shift
Como a IA derrotou um mestre de Go

Inteligência Artificial

Como a IA derrotou um mestre de Go

O Go é talvez o jogo de tabuleiro mais difícil de ser aprendido por um computador, mas ao retratar o confronto homem versus máquina, este filme conta também outra história

Por Redação The Shift