s
Crédito: Pexels/Pixabay

SEGURANÇA

Falta confiança para o compartilhamento de dados

A gestão de dados é o maior obstáculo para executar projetos de IA, mas a tecnologia avança em áreas como blockchain, o que deve tornar o compartilhamento de dados uma aposta segura

Por Redação The Shift 27/05/2020

Muito precisa ser feito para construir confiança no compartilhamento de dados, revela o estudo  “The global AI agenda: Promise, reality, and a future of data sharing”, realizado entre janeiro e fevereiro deste ano pelo MIT Technology Review Insights.

A gestão de dados tem se mostrado o maior obstáculo para a execução dos projetos de IA até aqui, mas o avanço da tecnologia em áreas como blockchain e aprendizado federado provavelmente tornarão o compartilhamento de dados uma aposta mais segura para as empresas. Tanto que dois terços (66%) das mil corporações pesquisadas estão dispostas a compartilhar dados internos externamente para ajudar a desenvolver novas cadeias de valor ativadas por IA.

uso de AI na empresa

Receba nossa newsletter

Compartilhar dados não significa entregá-los por nada, alerta a própria equipe responsável do estudo. Antes de participar de alianças de dados, de qualquer tipo, é preciso estabelecer um valor de troca dos dados. Dados de “negociação” baseados em valores acordados podem ajudar a desbloquear silos internos que impedem os modelos de avançar, em especial na área de saúde.

Ainda segundo o estudo, a maioria dos entrevistados (60%) espera que a IA seja usada entre 11% e 30% de seus processos de negócios em três anos, exercendo uma influência importante, embora não dominante, em suas operações. Os principais casos de uso de IA atualmente estão nas áreas de controle de qualidade, atendimento ao cliente e segurança cibernética.

AI cresce na empresa

Seis das 10 indústrias farmacêuticas ouvidas estão usando IA para melhorar a qualidade de seus produtos. E quase metade das empresas de bens de consumo e varejo (47%) para melhorar o atendimento ao cliente. Mais da metade (51%) das empresas de energia estão aproveitando a IA para monitoramento e diagnóstico, 58% dos serviços financeiros para detecção de fraude e 52% das empresas de tecnologia para fortalecer a cibersegurança.

Mais da metade dos entrevistados (59%) dizem que o retorno sobre investimento (ROI) de projetos de IA está dentro do esperado. E 37%, em sua maioria já usando a IA há mais de 3 anos, afirmam que o ROI superou as expectativas.

AI na empresa

 

Compartilhar dados é bom para os negócios

Inovação

Compartilhar dados é bom para os negócios

Mesmo quando evidências apontam que todo mundo que participar pode sair ganhando, a mentalidade de data sharing ainda está emperrando na questão da confiança

Por Redação The Shift
Como estão as cadeias de suprimentos agora?

The Shift

Como estão as cadeias de suprimentos agora?

A pandemia de coronavírus forçou as organizações a começar de novo e garantir que a sustentabilidade esteja enraizada em todos os estágios

Por Redação The Shift
Estratégias para orquestrar um ecossistema digital

Mercado

Estratégias para orquestrar um ecossistema digital

As plataformas digitais ajudam a tornar mais acessíveis os recursos e os participantes de um negócio digital, conforme a necessidade

Por Redação The Shift
DevSecOps pode fazer muito pela proteção de dados

Segurança

DevSecOps pode fazer muito pela proteção de dados

Associar a segurança a todas as partes do processo de desenvolvimento de software é uma boa maneira de garantir a conformidade com legislações como o GDPR e a LGPD

Por Redação The Shift
O que sua empresa deve fazer em relação à LGPD?

Segurança

O que sua empresa deve fazer em relação à LGPD?

Estão em jogo questões como o respeito à privacidade, a liberdade de expressão, de informação, de comunicação e de opinião, além da inviolabilidade da intimidade, da honra e da imagem

Por Redação The Shift
O futuro dos datacenters segundo o Project Natick

Big Data

O futuro dos datacenters segundo o Project Natick

O conceito de datacenters subaquáticos é viável, bem como logisticamente, ambientalmente e economicamente prático, como provou o experimento da Microsoft

Por Redação The Shift