s
Crédito: Mike Van Schoonderwalt/Pexels

GESTÃO

Como o propósito da empresa ajuda a entregar valor

O propósito deve ser sistêmico e racional, mas também emocional; deve ressoar com os membros da organização e informar sua tomada de decisão

Por Redação The Shift 08/11/2020

Construir o propósito de uma empresa de forma real, sem que ele seja tratado como um remendo, pode parecer fácil à primeira vista – acredite, não é. De fato, apenas 7% dos CEOs das empresas que fazem parte do ranking da Fortune 500 acreditam que suas organizações deveriam se preocupar basicamente em ganhar dinheiro e “não se distrair com objetivos sociais”.

Seja fiel a quem você é uma “regra de ouro”, certo? Sim, mas como já ficou claro para quem acompanha empresas de rápido crescimento, o propósito tem que ser parte da estratégia e tem que estar claro para todo mundo que trabalha ali, independentemente do cargo.

“Uma abordagem superficial do propósito não funciona. Na verdade, pode causar danos consideráveis”, atesta o artigo “Mais do que uma declaração de missão: como os 5Ps incorporam o propósito de entregar valor”, da McKinsey. Seus autores reforçam que a suposta “magia” das “empresas vencedoras” não é algo que pode ser facilmente adicionado ao mix, sob o risco de a empresa ser acusada de os clientes a acusarem de não ser autêntica. Da mesma maneira, acrescenta, “clientes, fornecedores, parceiros e investidores reconhecem a proposta de valor”. Construir a dinâmica em que clientes, fornecedores, parceiros, investidores, a liderança e os funcionários reconhecem a proposta de valor é a chave para imbuir esse propósito dentro da cultura da empresa.

Conteúdo exclusivo para membros da The Shift

Aproveite a Cyber Week e assine

Empresas que aprendem com IA saem lucrando

Inteligência Artificial

Empresas que aprendem com IA saem lucrando

Com o aprendizado organizacional, as chances de uma organização relatar benefícios financeiros significativos aumentam para 73%.

Por Redação The Shift
Cibersegurança: 5 pontos para discutir no planejamento 2021

Inteligência Artificial

Cibersegurança: 5 pontos para discutir no planejamento 2021

Pesquisa aponta preocupação das companhias com resiliência, busca de talentos para preencher vagas e estratégias para se preparar para ataques em nuvem

Por Redação The Shift
Gestão descentralizada é chave para inovar em escala

Gestão

Gestão descentralizada é chave para inovar em escala

Cultura de experimentação do Whole Foods apresenta benefícios de dar liberdade a equipes nas lojas testarem novas ideias

Por Redação The Shift
David De Cremer: “Liderança é saber lidar com a mudança”

Inteligência Artificial

David De Cremer: “Liderança é saber lidar com a mudança”

Para o autor e professor da Universidade Nacional de Cingapura, a Inteligência Artificial pode até assumir funções de gerenciamento, mas não está preparada para encarar a liderança

Por Redação The Shift
Como ter estratégias mais resilientes e preparadas para o futuro?

Inovação

Como ter estratégias mais resilientes e preparadas para o futuro?

O primeiro passo é obter uma compreensão mais completa do que já sabemos e do que podemos razoavelmente imaginar

Por Redação The Shift
Como anda a cultura de risco da sua organização?

Gestão

Como anda a cultura de risco da sua organização?

Particularmente agora, durante a pior crise econômica de nossas vidas, é crucial que as empresas mantenham sua cultura de risco ativa

Por Redação The Shift